Plenovit faz sucesso nas praias do Sul…

4 01 2010

Dia destes, conversando com amigos sobre como anda o verão pelo Sul do País fiquei curioso com um tema recorrente: um remédio similar ao Viagra, mas enquanto este da Pfizer é vendido a R$ 25,00 a unidade, o outro é comercializado a R$ 20,00 a caixa com 20 comprimidos. Produzido no Uruguai, ele está entrando nas praias do Sul na bagagem dos turistas e vai ocupando um espaço como apetrecho básico para quem vai sair na noite.

Trata-se, claro, de contrabando e pirataria – tendo em vista que não possui (ao que sei) registro em terras nacionais. Além do mais, cabe aqui enfatizar que não é correto e nem seguro tomar qualquer remédio sem prescrição médica. Mas é, também, uma demonstração como a máfia dos laboratórios vai aumentando aritificialmente o preço dos remédios, sempre com o intuito de ampliar seus lucros.


Ações

Informação

6 responses

4 01 2010
elton garcia

póis é por curiosidade estive em rio branco uruguai e vi lá na coxilha o tal de plenovit é vendido no pais ermano se receita médica se chega no balcão e compra livremente e muito barato ainda vou experimentalo dizem que da um calor nas orelhas rsrsrsrs.

6 01 2010
Luciano

Caro amigo Alfredo, este similar do viagra é vendido no interior do estado a 5 reais o comprimido (avulso), enquanto nosso governo emprestar dinheiro ao FMI e não aplicar no aumento das policias, especialmente de fronteira, nosso pais sera uma festa eterna para trafico de armas, drogas e varios outros artefatos que entram a vontade pela fronteira Uruguaia.

6 01 2010
passelivreonline

Luciano, baita fazendeiro e poeta – tens toda razão em tua crítica. Infelizmente nossas fronteiras são portas escancaradas para quem quiser trazer QUALQUER tipo de contrabando.

8 01 2010
osmar j dias

vejo, que o pessoal que deu sua opniao acima é a favor da exploraçao
da pfazer que cobra um absurdo por um comprimido.
estes remedios urugaios sao muito bons,so nao emtram no brasil legalmente
a pedido da pfafez .
pois la no urugaio nao existe o direito de patente,mas o remedio e legal com o mesmo principio ativo.

12 01 2010
passelivreonline

Não se trata de defender a exploração, mas o aspecto da legalidade. Sou contra a pirataria!

2 09 2010
risomá

porque existe radio pirata e existe tanta propaganda contra? até parece que mudei de assunto. ja ouviram as propagandas assustadoras contara radios piratas? a quem interessa mesmo o monopolio de um mercado num pais de dimenções como o nosso. é grana ecploraçao….porque na argentina é tao barato viagra????…por isso nao pode entrar aqui? ah!!!pensa um pouco…tenta por um jornal? um abraço

Deixe uma Resposta para osmar j dias Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: