Vozes sobre a pesquisa Vox Populi

19 05 2010

Para alguns, dizer que o cenário eleitoral de Roriz, o verdadeiro criador do Mensalão do Demo, é complicada, a despeito de ter 42% das intenções de voto na mais recente pesquisa do Vox Populi, pode soar apenas como provocação – quando isto reflete uma realidade que deixa apavorados os que esperam a volta dele para continuarem se locupletando ou levando algum tipo de vantagem à margem da legalidade.

Nunca Roriz começou uma campanha com índices tão baixos de intenção de votos e uma rejeição neste patamar (34%). Há, mesmo no eleitor cabresteado pela cegueira política,a percepção e o medo de que Roriz talvez não consiga chegar candidato até outubro. Qualquer pessoa com razoável capacidade de discernimento já percebeu as inúmeras contradições de Durval Barbosa na sua necessidade de aliviar o ex-governador e ‘tirar’ dele (Roriz) o título de verdadeiro mentor de todo este esquema que enlameia o DF desde janeiro de 1999. O caso de Eurides Brito é patente: alguém de sã consciência, sabendo a voracidade e o gosto de Roriz por patrimônio, acredita que um reles subalterno como Durval teria como pagar 40 mensalinhos de R$ 50 mil cada a Eurides, de 2003 a 2006, sem que o chefe soubesse?

É preciso ser muito idiota para acreditar em algo assim. E, além do mais… por quais razões Durval (a mando de Arruda, como ele diz para proteger Roriz) repassaria dinheiro mensalmente para Eurides, quando o governador era Roriz e Arruda apenas deputado federal? Ao menosprezar a inteligência alheia, Durval e Roriz começam a se enredar em suas próprias pernas.

Não há como dissociar os dois do ‘mensalão’. O escândalo que estourou em Arruda é coisa gestada no governo Roriz desde janeiro de 1999.

Mas, vejamos como dois colunistas anti-PT e anti-Lula avaliam a pesquisa aqui no DF.

Vamos começar por Josias de Souza, da serrista Folha de São Paulo:

“4. Distrito Federal: Dilma obtém vantagem de oito pontos sobre Serra: 42% a 34%. Marina aparece com 13%.

Quanto à briga pelo governo, o eleitor da Capital dá sinais de que não retirou do panetonegate as lições que o escândalo ministrou.

Mentor de Durval Barbosa, o delator de José Roberto Arruda, salta na frente o ex-governador Joaquim Roriz (PSC): 42%. Agnelo Queiroz (PT) belisca 32%. (http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/)

Outro colunista da mesma Folha, Fernando Rodrigues, assim disseca os números locais que o Vox Populi divulgou:

“DF: Roriz (PSC) 42% x 32% Agnelo Queiroz (PT)

Dilma leva a melhor no Distrito Federal e tem 42% contra 32% de Serra

Pesquisa Vox Populi realizada de 8 a 12.mai.2010, aponta favoritismo de Joaquim Roriz (PSC) na diputa pelo governo do Distrito Federal. Roriz tem 42% das intenções de voto contra 32% de Agnelo Queiroz (PT). Maria de Lourdes Abadia (PSDB) tem 6% das intenções de voto, seguida por Rogério Rosso (PDT), com 4%, e Alberto Fraga (DEM), com 3%. Votos em branco e nulos somam 9%. Não souberam ou não quiseram responder à questão 4% dos entrevistados.

A pesquisa tem margem de erro de 4 pontos percentuais (para ou mais ou para menos) e foi realizada de 8.mai.2010 a 12.mai.2010 com 600 eleitores, no Distrito Federal. Paga pela Bandeirantes, está registrada com o n° 11051/2010 no TRE-DF. Aqui, a íntegra da pesquisa.

Aqui, todas as pesquisas de todos os institutos para governos estaduais.

Quando solicitada a resposta espontânea (para a qual o entrevistador não apresenta o nome dos candidatos para os entrevistados), Roriz mantém a liderança com 30%. O 2° é Queroz, com 21%. José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM) tem 5%, à frente de Marina de Loudes Abadia (PSDB) que tem 2% e de Rogério Rosso, Fraga e Magela que têm 1% cada. Vão votar em branco, nulo ou em ninguém 8%. Não sabem ou não responderam à questão 29% dos eleitores do Distrito Federal.

Presidente e avaliação do governo
Dilma Rousseff (PT) leva vantagem no DF e fica com 42% das intenções de voto. José Serra (PSDB) tem 32%, Marina Silva (PV) tem 12% e Zé Maria (PSTU), 1%. Não sabem ou não responderam  7%. Vão votar nulo, em branco ou em ninguém 6% dos eleitores da capital.

O governo Lula é bem avaliado na capital do país. Consideram como ótimo o desempenho do presidente em seu cargo 40% dos eleitores entrevistados e 41% consideram como bom. Para 13% é regular positivo, para 2% é regular negativo, para 2% é ruim e para 2% é péssimo. Não soube ou não quis responder 1%. (http://uolpolitica.blog.uol.com.br/)

Percebe-se a estagnação de Roriz e o crescimento de Agnelo. O mais importante é observar o que ocorre na espontânea, quando Roriz tem míseros nove pontos de vantagem sobre ASgnelo.

Só mesmo a extrema cegueira ou a necessidade de não ver a realidade que pode justificar o ufanismo dos rorizistas. Faz menos de um mês que Agnelo é o pré-candidato a governador do campo ético de Brasília – enquanto que Roriz é useiro e vezeiro, com um eleitorado cativo de sua política demagógica de destruição da qualidade de vida no DF.

Outro fator importante revelado pela pesquisa é a avali~ção do governo Lula no DF: 81% consideram bom ou ótimo. Além disso, Dilma tem aqui no DF 42% das intenções de voto.

Roriz ainda está na frente, mas… até quando?

Anúncios

Acções

Information

One response

20 05 2010
Jonas Novais

Caro amigo veja no nosso site publiquei uma matéria sobre você, acesse o site e comente, gostei muito, você como jornalista mandou bem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: