Trabalho escravo em Goiás

5 06 2010

Recebo do sempre diligente e competente Luis Henrique Parahyba a informação que interessa a todos os brasileiros de bem: no governo Lula, a turma que gosta de trabalho escravo não tem descanso – para azar do Demóstenes Torres, da Kátia Abreu e outros…

TRABALHADORES ESCRAVOS SÃO RESGATADOS PELO MINISTÉRIO DO TRABALHO, MPT e POLÍCIA FEDERAL, APÓS DENÚNCIA DA FETAEG

Ao todo, 99 trabalhadores rurais que atuavam no despendoamento de milho, no município de Joviânia-GO, foram resgatados, após a constatação que estavam em situação análoga a escravidão. Os trabalhadores estavam em situação precária no alojamento e sem alimentação, segundo constatou os Auditores Fiscais do Trabalho, numa ação com a Polícia Federal e o Ministério Público do Trabalho (MPT). A denúncia da situação de escravidão dos trabalhadores, chegou até a FETAEG, através de uma denúncia de um trabalhador. Segundo José Maria de Lima, presidente em exercício da Federação, a denúncia foi encaminhada para o MPT, para que investigasse o caso, que ora foi confirmado.

Os trabalhadores rurais são migrantes do nordeste brasileiro, e estavam submetidos à situações degradante. Segundo o Dr. Roberto Mendes Auditor-Fiscal do Trabalho da SRTE-GO e Coord. de Fiscalização Rural da Sup. Reg. do Trabalho e Emprego em Goiás, que atuou no flagrante,os trabalhadores prestavam serviços de despendoamento de pendões de milho para a empresa DU PONT do Brasil do Grupo da Pionner (fabricação de sementes). Ainda segundo o Auditor do Trabalho, Depois de um acordo com a empresa, os 99 trabalhadores receberam um acerto de contas no valor de R$ 300 mil reais, e já se deslocaram para seus estados de origem.

Para José Maria de Lima, presidente em exercício da FETAEG, essa situação acontece devido a atuação do “gato” – intermediário de mão-de-obra – que engana os trabalhadores com salários acima da média e na verdade é um golpe da informalidade. “Lutamos para a formalidade do emprego no campo e fiscalizamos o cumprimento da legislação para garantir os direitos dos trabalhadores rurais”, declara José Maria.

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE LISTA SUJA DO TRABALHO ESCRAVO

http://www.mte.gov.br ou http://www.reporterbrasil.com.br





Dilma coloca Serra em seu devido lugar

5 06 2010

É preciso entender uma coisa simples e elementar: todo ser humano despreparado e desqualificado, quando sob pressão libera seus instintos mais primitivos. Assim é o Serra. E não é de hoje. Vale a pena escutar a resposta da Dilma Rousseff sobre o dossiê que o Aécio fez contra o Serra e que este, de modo doentio, tentou (com apoio da Veja e da Globo) imputar a responsabilidade ao PT e a Dilma.