Chávez: alguém com coragem de dizer não!

8 08 2010

Leio a notícia de que o presidente Hugo Chávez veta e rejeita o nome do embaixador designado pelos EUA. Trata-se de assunto que eu não conheço – prometo que irei me informar acerca deste fato amanhã. Mas a bem da verdade, Chávez, uma vez mais, mostra que na Venezuela, quem manda é o povo venezuelano.
Veja a notícia da AFP:

Chávez veta escolha de embaixador dos EUA na Venezuela

Presidente pediu que Obama “busque outro candidato” para o cargo

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse neste domingo ser “impossível” que o designado Larry Palmer seja embaixador dos Estados Unidos em Caracas, pedindo a seu colega americano Barack Obama que “busque outro candidato” para esse cargo.

— Como você Obama poderia acreditar que eu aceitaria esse cavalheiro aqui? O melhor que você pode fazer é retirá-lo, Obama, não insista, lhe peço — disse Chávez ao condenar os questionamentos de Palmer sobre as forças armadas venezuelanas.

— O melhor que o governo dos Estados Unidos pode fazer é buscar outro candidato — recomendou o presidente durante seu programa de rádio e TV Alô Presidente.

Em um questionário respondido em uma audiência para sua ratificação no Senado americano, Palmer disse que as forças armadas venezuelanas estão com o moral em baixa, enquanto aumenta a influência de Cuba. Suas declarações foram rejeitadas por militares e pelo Ministério da Defesa venezuelano.

— O embaixador não pode vir. O mesmo que se inabilitou rompendo todas as regras da diplomacia. Não pode vir — disse Chávez.

Washington informou dividir as “preocupações” do diplomata, mas negou que estivesse interferindo nos assuntos internos da Venezuela. Em seu relatório anual sobre terrorismo, o Departamento de Estado afirmou que a cooperação antiterrorista com a Venezuela foi “reduzida ao mínimo” e que o nível de ajuda que esse país dá às guerrilhas colombianas “continua sendo incerto”.
AFP





Propina de Roriz: Silêncio e conivência

8 08 2010

No sábado, quando surgiu a informação da veiculação pela Veja de matéria acerca do Roriz, surgiu uma dúvida: como os blogs e jornais do DF noticiariam o fato. Sabe-se que aqui no DF, blog não é sinônimo de jornalismo, mas sim bico ou fonta de renda de seus titulares – e não necessariamente pela inserção de banners publicitários. E é claro, muitos deles e delas gostam de uma boquinha… Pode parecer surrealista, mas a verdade é que o asusnto foi olimpicamente ignorado. O Jornal de Brasília, o Correio Braziliense até noticiaram que Roriz tinha visitado, na manhã de domingo, a Feira da Torre, mas nenhuma linha ou questionamento acerca do escândalo que o País todo comenta. Apenas no http://www.passelivredf.com.br foi veiculado o material dando conta do assunto. Percebe-se, de modo vergonhoso, a perversa cumplicidade entre os meios de comunicação e a campanha da turma do atraZo. O jornalismo da Capital da República é uma piada e quem quiser se informar acerca do que ocorre por aqui, ou lê o Jornal Passe Livre ou está literalmente na mão.





Pegaram o Roriz?

8 08 2010

Notícia bomba nesta noite de sábado: tem vídeo com o Roriz pagando propina e sendo cobrado por laranjas. A matéria da Veja é de liquidar com a disputa no DF.

Joaquim Roriz aparece em vídeo entregando dinheiro, diz revista

Publicado em 07/08/2010, às 20h12

Joaquim Roriz aparece em vídeo entregando dinheiro, diz revista

Joaquim Roriz, candidato do DF a governador do Estado
O candidato ao governo do Distrito Federal (DF) Joaquim Roriz (PSC) teria sido flagrado em um vídeo efetuando pagando em dinheiro a um suposto laranja no valor de R$ 10 mil. A reportagem sobre o suposto vídeo foi trazida pela revista “Veja” desta semana. Segundo a revista, o encontro entre Roriz e André Alves Barbosa, o suposto beneficiado pelo pagamento, teria sido gravado pelo próprio Barbosa no começo deste ano.

Por meio de seu assessor, Paulo Fona, Roriz negou neste sábado (7) que o pagamento que foi entregue a Barbosa fosse propina, mas afirmou ter ajudado financeiramente o suposto autor do vídeo. O valor do dinheiro que Roriz entregou a Barbosa não foi especificado pelo assessor. Segundo Fona, Roriz é amigo do avô de Barbosa há mais de 40 anos.

“Ele [Roriz] me disse que ajudou o André a pedido do avô dele, porque ele [André] estaria passando por dificuldades. O Roriz é amigo do avô dele, o seu Geraldo, há mais de 40 anos”, afirmou Fona, que falou em nome de Roriz na tarde deste sábado.

A reportagem da revista “Veja” afirma que Barbosa, que teria recebido o dinheiro do candidato, pertence a uma família que atuaria como laranja do ex-governador em imóveis e operações bancárias. Roriz teria reclamado da quantia que seria paga: “tudo isso”, teria dito o ex-governador no vídeo o qual a revista afirma ter tido acesso.

Segundo a reportagem, o candidato retirou os maços de dinheiro de uma caixa. Enquanto contava o recurso, Barbosa teria cobrado de Roriz o pagamento de um empréstimo rural contraído por sua família. Ainda de acordo com a revista, Barbosa recebeu o pagamento para não informar que seria “laranja de Roriz”. Fona acusou Barbosa de “chantagem”.

“Eu suponho que os valores que o Roriz aparece entregando ao André no suposto vídeo seria essa ajuda que foi pedida pelo avô dele. Ele (André) veio aqui e pediu ajuda. Depois vem com essa conversa. Ele quis fazer chantagem com o governador pela ajuda que recebeu”, alega o assessor de Roriz.

Alberto Fraga

Segundo Fona, entre março e maio deste ano, foram deixados envelopes na caixa postal da casa de Roriz avisando da existência do vídeo e cobrando um valor de R$ 50 milhões para que as imagens não fossem divulgadas.

Segundo o revista, Barbosa tentou vender o material com as gravações ao deputado distrital Alberto Fraga (DEM), um dos envolvidos no escândalo que ficou conhecido como mensalão do DEM, e que resultou na queda do ex-governador José Roberto Arruda. Ao G1, Fraga negou que tenha tido acesso ao vídeo.

“Só sei desse vídeo o que aparece na reportagem”, afirmou o deputado.

G1