Serra, o inigualável

4 09 2010

É de impressionar a forma como Serra usa do cinismo e da cara de pau para contar as mais deslavadas mentiras, a antecipar as mais deslavadas armações que ele faz. Tenho para mim que o Serra não faz nada disso sozinho.

Duvido que uma pessoa só, sem apoio e assessoria, consiga ser tão idiota assim. Ninguém me convence que o Mainardi, que a turma da Globo, que os babacas da Folha e aquele guru indiano, além do Gilma Mendes e  Daniel Dantas não sejam os verdadeiros mentores do besteirol que o Serra vocifera.

Ele, que não é economista e nem engenheiro, agora passa a sedr também a negação do político que ele, em seus devaneios, um dia sonhou ser. Até onde ele conseguirá ir, embalado por uma mídia complacente e o acesso a certas instâncias de poder (como os seus inegáveis vínculos dentro da Receita e mesmo da PF – bases aparelhadas ao longo de muitos anos pelos tucanos e assemelhados).

Do que sobrevive a campanha do Serra? De factóides e debilóides, como esta verdadeira excrecência da vida pública que é o tal do Roberto Jeferson – este sim um desempregado e que desde que deixou de ser deputado sobrevive às expensas do partido (PTB). Ou será que já está em algum conselho de alguma empresa tucana, a exemplo do que ocorre com Roberto Freire?

Vamos ver até quando resiste esta afirmação de que o procurador da filha dele é do PT. Será que naquele assalto pra lá de suspeito a sede do PT em Mauá não andaram roubando algumas fichas? Em se tratando de Serra e do PSDB, que ninguém duvide de nada…





Virada no DF: Ibope também confirma Agnelo em 1º

4 09 2010

A voz das ruas enfim está sendo captada também pelas pesquisas: para o Ibope, Agnelo Queiroz, do PT, lidera a disputa para o GDF. Seria no mínimo uma grande estupidez que o povo de Brasília c onduzisse a um novo mandato alguém que enxovalou a política candanga com práticas deploráveis de mercantilização do poder (numa aliança espúria com as incorporadoras imobiliárias, prática esta que foi aprofundada no governo Arruda), destruição dos serviços públicos e permanente omissão (para não dizer apoio) diante de ações de invasão de áreas públicas, pirataria e a ocupação das ruas e dos espaços públicos por camelôs.

Roriz, cassado pelo TRE-DF e também pelo TSE; Arruda, preso e defenestrado do poder; Abadia, que teve sua situação aliviada pelo TRE-DF e cassada pelo TSE; Paulo Octávio, que renunciou para não ser cassado e preso – e tantos outros – têm algo em comum: são todos membros de um esquadrão que tomou de assalto o GDF em janeiro de 1999 e que agora a sociedade tem a oportunidade de ser livrar deles. Espera-se que de modo definitivo.

A sociedade do DF anseia por ética. Está cansada de passar vergonha. De se sentir humilhada pela imagem de bandalheira que os políticos locais transmitem para o País. Que os dados das mais recentes pesquisas sejam um reflexo da realidade e que sirvam para que mais brasilienses se engajem nesta luta e nesta cruzada.

Estes são os números da mais recente pesquisa Ibope divulgada hoje à noite.

03/09/2010 – 20h01

Ibope: Com 40% das intenções de voto, Agnelo lidera disputa pelo governo do DF

UOL Eleições
Em São Paulo

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (3) mostra o candidato Agnelo Queiroz (PT) à frente de Joaquim Roriz (PSC) na disputa pelo governo do Distrito Federal. De acordo com o levantamento, o petista tem 40% das intenções de voto, contra 32% de Roriz.

O candidato Toninho do PSOL está na terceira posição: 2% do eleitorado afirma que vai votar nele. Eduardo Brandão, do PV, e Rodrigo Dantas, do PSTU, vêm logo depois, cada um com 1%. E 24% dos entrevistados estão indecisos ou disseram que irão votar nulo ou em branco.

Os candidatos Newton Lins (PST), Ricardo Machado (PCO) e Frank (PCB) não pontuaram na sondagem.

O Ibope entrevistou 1.806 pessoas entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro. A pesquisa tem margem de erro de três pontos para mais ou para menos e está registrada no TRE-DF com o número 28845/2010.