Desafios da blogosfera: nós e nossos umbigos

9 10 2010

Nem sempre tenho tempo para ficar ‘passeando’ pelos blogues – afinal de contas, são tantos e por vezes é impossível acompanhar as postagens. Diria até que, muitas vezes, fica até difícil de ir postando novas mensagens – até porque sou meio jurássico, na medida em que apenas posto mensagens de minha máquina.
Mas, tem algo que me preocupa – e isso desde bem antes do chamado e histórico Encontro dos Blogueiros Progressistas que aconteceu em São Paulo. Percebo que numa escala crescente os blogueiros trouxeram para ‘cá’ uma prática que muitas vezes condenamos quando utilizada pela mídia convencional.
A Folha publica, o JN repercute, a Veja trata do tema, o Estadão e assim por diante. Como se fosse uma academia do mútuo elogio. Se formos observar, veremos que esta prática acontece entre os blogueiros – onde um grupo de estrelas faz o mesmo jogo, tratando os demais de modo periférico.
Pode parecer antipatia, mas esta é a percepção que se tem: o umbigo e o ego dos blogueiros é realimentado, ensejando uma disseminação dos mesmos entre os mesmos e, num certo sentido, usando os periféricos como ‘cadeia de transmissão’.
Trata-se de algo delicado, na medida em que, no meu modo de pensar, estamos falando no mais das vezes para nós mesmos. Percebo inclusive a repetição dos nomes de autores de comentários em vários blogues.
O que fazer para romper esta repetição que acaba sendo um fator limitante na expansão de nossas idéias? Eu creio que um dos mecanismos está na utilização de ferramentas auxiliares, mas neste sentido deveríamos buscar uma parceria com jornais de entidades sindicais, associativas.
Aqui no DF, por exemplo, entidades como o Sinpro e o Sindicato dos Bancários possuem jornais e informativos com tiragens bem elevadas – mas ainda percebe-se uma tibieza na construção destas parcerias. Mas este é o melhor caminho. Outra alternativa estaria numa parceria com rádios comunitárias e mesmo canais comunitários – ainda que restritos ao espectro das chamadas ‘tvs por assinatura’. Até porque muitos dos blogues ‘matriz’ do outro lado estão dependurados em portais de jornais, revistas, TVs e por aí afora – o que por si só já enseja milhares de acessos.
Enquanto não conseguirmos romper o limitado de nossos umbigos, o poder de intervenção da blogosfera no ‘cotidiano’ continuará sendo muito limitado – até porque há um ‘outro lado’ que tem jogado com mais virulência, truculência e baixaria.
Como vencer este fator que é hoje um limite real?
Como fazer para não trocarmos apenas o nome da prática que condenamos nos outros e continuarmos com uma postura verticalizada de repetição e de reforço?
Como fazer para resgatar na blogosfera algo que está ausente no cotidiano real que é a solidariedade? Percebo, também, que os blogues ‘de lá’ são muito mais sujos em seu conteúdo, muito mais agressivos – mas os percebo mais solidários entre si (como não transito por aquelas bandas não sei qual o clubismo que adotaram, mas a verdade é que eles se divulgam e se protegem com mais vigor).
Este foi, inclusive, o teor da minha intervenção no Encontro dos Blogueiros – porque percebi o quanto o ego esteve acima da solidariedade. O que nós precisamos é fortalecer os meios de ‘levar’ os blogues para além dos limites e das almas já conquistadas. Mas isto não se dará, na minha modesta opinião, mantendo-se o atual padrão vertical e centralizado, mas pela construção de parcerias paralelas – com o fortalecimento de um contraponto dos blogues regionais.
Aqui não se trata de estipular verdades, mas apenas um desejo intenso e imenso de questionar algumas práticas, avaliar algumas posturas e, acima de tudo, descobrir (compartilhando experiências e angústias) meios, mecanismos e caminhos para transcender o limitado de nossos próprios umbigos.





2º turno no DF: Agnelo tem 55%

9 10 2010

Faz pouco a Exata terminou de tabular os dados relativos ao 2º turno da disputa para governador do DF. A pesquisa mostrou que Agnelo está em 1º, com 55% das intenções de voto e Weslian tem 38% – sendo que ainda existem 7% de indecisos.
Esta pesquisa estará sendo veiculada amanhã nos meios de comunicação aqui em todo o DF.
Também no sábado estará concluído o levantamento para presidência da República, 2º turno, aqui no DF e será divulgado em torno do meio-dia.
Agora a expectativa está nos números que serão apresentados neste final de semana pela Soma – tradicional instituto de pesquisa que é vinculado ao esquema Roriz/Arruda.