Baixaria dá voto?

22 10 2010

Me criei fazendo campanha no tempo em que se discutiam propostas. Lembro que participei da campanha do Brossard (MDB) contra o Nestor Jost (Arena) – mesmo o Jost sendo da minha cidade (Candelária-RS). Lembro ainda de um discurso, em 1974, do Brossard, feito no CTG Sentinela dos Pampas onde ele, com aquele sotaque de fronteira dizia: “Nós temos que perder o medo. Nós temos que voltar a acreditar na democracia. Esta noite não poderá ser eterna”.
Nesta reta final de campanha, lembro do Brossard (aquele que sendo um liberal, na oposição ao regime militar virou um democrata radical). Temos que perder o medo da imprensa. Temos que perder o medo do poder das trevas que o Serra representa. E nós aqui no DF, precisamos voltar a ter orgulho de dizer que somos ‘brasilienses’ e não partícipes de uma bandalheira como forma os oitos anos de Roriz e os quatro anos de Arruda.
Transcrevo a seguir o texto ‘de capa’ do Jornal Passe Livre que circulou hoje em Brasília – 150 mil exemplares distribuídos gratuitamente – na rodoviária, em Taguatinga, na Ceilândia e no Guará.

BAIXARIA DÁ VOTO?

Na medida em que se aproxima o 2º turno das eleições para presidente em todo país e para governador no DF e em outros estados, o eleitor volta a conviver com o estigma da baixaria e da mentira.
Mas o eleitor está cansado de tanta patifaria e de tanta armação. As ‘revelações’ da turma do atraZo e da campanha do Serra não conseguem mais ludibriar ninguém. O problema do Serra e da turma do atraZo é que eles gostam de tratar o eleitor como se ele fosse um burro, uma anta e não tivesse capacidade de entender que tudo não passa de coisas enjambradas, mutretas e vídeos editados.
As mentiras e a hipocrisia do Serra estão fazendo com que Dilma abra 12 pontos de vantagem na pesquisa do Ibope divulgada na quarta-feira, dia 20. Ninguém tolera a leviandade e a irresponsabilidade de alguém que no afã de conquistar a presidência acaba optando pelo ‘vale tudo’.
Este quadro de irresponsabilidade se repete aqui no DF, onde a turma do atraZo despenca nas pesquisas e na tentativa de sobrevivência, parte para um proselitismo político que revela a leviandade que norteia suas ações demagógicas. Quem eles pensam snsibilizar com a promessa de anistiar multas? Só aqueles que já estavam com eles e que adoram ilegalidades e falcatruas. O que a turma do atraZo esquece é que aqui no DF vivem também pessoas com dignidade e com responsabilidade – que, conforme o 1º turno, representam a imensa maioria dos habitantes.
Fala-se em coisas bombásticas, mas o eleitor está vacinado: vindo da turma do atraZo não tem credibilidade. Afinal de contas, são sempre os mesmos, usando os mesmos métodos – valendo-se do mesmo roteiro da mentira. Nesta reta final da campanha para o 2º turno é preciso ficar atento e prestar bem atenção. Muitas ‘denúncias’ serão lançadas ao ar, tentarão destruir a reputação de muitas pessoas, muitas promessas estapafúrdias serão anunciadas.
A turma do atraZo e o pessoal do Serra ainda não se deu conta que o povo cansou de ser tratado como massa de manobra, como se não tivesse capacidade de decidir acerca do seu próprio destino.





PASSE LIVRE 465

22 10 2010




PASSE LIVRE – Edição 464

22 10 2010




Serra e Globo mentem: 2º objeto nunca existiu!

22 10 2010

Antes de começar:
A Globo mente. O Serra mente.
Vejam neste blog a prova de que o 2º objeto é ‘adição’ gráfica. Ou seja: pilantragem.
Méritos na difusão do blog acima devo ao twitter da @Alice_Alvarez – que por sua vez foi informada pelo pessoal do Tomando na Cuia (@tomandonacuia).
Nunca esquecendo: Molina é especialista em ‘voz’. Mas hoje se sujeita a qualquer serviço. Atuou no caso Nardoni, tentando inocentar assassinos. Já foi desmascarado pela PF. É apenas um venal a mais a serviço do Serra.

Isto posto…

Eu bem sei que está todo mundo estressado.
Esta reta final de campanha vai ser um ‘Deus nos acuda’ da gota serena.
Hoje, por exemplo, circula a edição 465 do Jornal Passe Livre – na rodoviária de Brasília com 150 mil exemplares (pró Dilma e Agnelo e sem apoio de ninguém, mas que sobrevive graças a ação de amigos sonhadores tais quais este que vos escreve). E semana que vem será diário – de terça a sábado…
Eu sei que está em curso uma batalha muito interessante. De um lado a Record e o SBT. De outro a Globo e suas afiliadas operacionais e aliadas da imbecilidade (Band, RedeTV, etc).
Uma pena que o Governo Lula não teve culhão para, a exemplo do que fez Getúlio, apoiar a criação de um grande jornald e circulação nacional e que neste momento poderia fazer um contraponto as asneiras da Folha e outros papeis de embrulho.
Na medida em que os tucanos desdenham a diferença de 12 pontos pró-Dilma que os institutos apontam, quero lembrar que prefiro estar 12 na frente do que um atrás…

E sobre o azul e o vermelho?

Acontece que muito além das questões políticas, domingo – dia 24, tem Grenal. Assim, neste domingo sou azul. Espero que o Grêmio ganhe – confirme o melhor momento e tudo mais.
Assim, mesmo sendo gremista, vou fazer minha festa em vermelho no domingo dia 31. Mas neste caso, será a festa de todo um Brasil que luta, sonha, espera e quer fazer de todos os brasileiros parte de suas conquistas.
Nós não podemos aceitar a volta daqueles que querem o Brasil apenas para bancar os sonhos das elites. Eu quero, sonho, defendo e luto por um Brasil que seja meu, seu e de todos os ‘eus’ que se esparramam Brasil afora.
Assim, no domingo (dia 24), estarei na ponta das chuteiras de cada um dos jogadores do Grêmio, na possibilidade de uma cabeça para salvar e nas luvas de milagres de Victor – como um dia foram de Mazaroppi.
Depois, no outro domingo (dia 31), meu coração estará no coração de todos aqueles – e aquelas, para não ferir suscetibilidades – que, com o seu coração, com os seus sonhos, estaremos ajudando o Brasil eleger Dilma.





Onde enfiaram a Mônica Serra?

22 10 2010

Andei olhando, ac opanhando filmagens e participações do Serra em eventos. E percebi que sumiram com a Mônica do cenário. Para alguns, ela está no Chile. Outros disseram que está enclausurada num convento ou casa da Opus Dei.
A verdade é uma só: depois de ser desmascarada em seu cinismo hipócrita de falsa moralista de meia-tijela, Mônica foi defenestrada da campanha. Dizem inclusive que Serra se sente muito melhor sendo acompanhado só pela Soninha. E agora pelo Gabeira.
Mas… onde está Mônica… Serra?