Vox Populi: Dilma mantém 14 pontos de vantagem

25 10 2010

Está cada vez mais difícil!
Nova pesquisa Vox Populi mostra que a dianteira de Dilma na votação foinal continua sendo de 14 pontos percentuais. Ou seja: Serra precisa tirar quase 3 pontos por dia…
Na reta final de campanha, mesmo contando com o apoio escancarado dos principais meios de comunicação – exceção da revista Carta Capital, da Isto É, do jornal Passe Livre e da TV Record – a candidatura de Serra claudica sobre o peso de suas contradições.
Serra não consegue responder questões de privatizações (FHC já está negociando em seu nome); Paulo Preto, aborto, seus dossiês contra Aécio, bolinha de papel e tantos outros factóides que fizeram com que ele passasse a ser ridicularizado em jornais de várias partes do mundo.
Esta é a matéria do IG…

Vox Populi: Dilma tem 49%, Serra 38%, indecisos 7%

Matheus Pichonelli, iG São Paulo | 25/10/2010 17:38

Pesquisa Vox Populi/iG publicada nesta segunda-feira mostra que, a menos de uma semana das eleições, a candidata do PT ao Palácio do Planalto, Dilma Rousseff, mantém a dianteira sobre o tucano José Serra na corrida presidencial. A ex-ministra da Casa Civil oscilou dois pontos para baixo em relação ao levantamento realizado pelo instituto entre os dias 15 e 17 de outubro e agora conta com 49% das intenções de voto. Serra, por sua vez, oscilou um ponto para baixo e aparece com 38%.

O número de eleitores que pretendem votar nulo ou em branco ainda é de 6% – mesmo índice contabilizado na última pesquisa. O Vox Populi apontou, no entanto, aumento do número de eleitores indecisos ou que não responderam ao questionário: de 4% para 7%.

Considerando-se apenas os votos válidos, Dilma seria eleita com 57% contra 43% de Serra. De acordo com esse critério, a distância entre os dois candidatos é de 14 pontos, igual à apontada pelo último levantamento. Ainda assim, 88% dos eleitores ainda afirma, porém, que já tem certeza da decisão tomada.

O Vox Populi ouviu 3.000 pessoas em 214 municípios, entre os dias 23 e 24 deste mês. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob número 37059/10 em 20 de outubro.

Vantagem

A região onde a candidata do PT tem a maior vantagem em relação ao adversário tucano é o Nordeste: 64%, contra 27%. O Sul é a única região em que Serra tem vantagem sobre a petista: 47% a 39%. No Sudeste, onde está concentrada a maior fatia do eleitorado, ela venceria por 44% a 40%.

Entre os eleitores de Dilma, 53% são homens e 46%, mulheres. Já Serra tem mais apoio entre mulheres (40%) do que entre os homens (36%).

Num momento em que temas religiosos ganharam destaques na campanha, a pesquisa aponta também que Dilma venceria o rival entre eleitores católicos (51% a 39%), católicos não praticantes (53% a 35%) e evangélicos (44% a 41%). Entre os eleitores que não têm religião, a vantagem da petista é de 46% a 38%.





O que esperar do debate na Record?

25 10 2010

Antes de mais nada, uma certeza – mesmo sem saber o formato do debate, é certo que haverá mais audiência. O debate na Band teve mais repercussão que audiência, o da RedeTV/Folha, nem um e nem outro. Assim, vamos para o 3º embate. De um lado Dilma Rousseff, que representa os anseios dos brasileiros, que tem uma relação de respeito com os movimentos sociais e, acima de tudo, representa a continuidade do projeto político e das ações sociais e de desenvolvimento implementadas pelo presidente Lula/PT. De outro, temos Serra que representa a parte mais retrógrada das chamadas elites brasileiras e tem o apoio de grupos que se escondem por trás de siglas como UDR, Opus Dei, TFP, Maçonaria, Monarquistas e o grande conglomerado monopolista da mídia.
Acredito que será oportunidade para Dilma responder algumas mentiras do Serra que até o momento ela não soube colocar de forma clara:
– O Serra fala que o governo Lula privatizou empresas, quais foram;
– O Serra fala que o Governo Lula ‘vendeu’ o BB na Bolsa de Valores;
– O Serra fala que o Zé Dutra elogiou a m.. que os tucanos fizeram na Petrobras;
– O Serra fala que a Dilma, o Lula e o PT elogiaram o programa de picaretização do sistema de Telefonia;
– O Serra fala que o Governo Lula terminou com os cursos do FAT, mas a Dilma não diz o quanto era roubado nestes cursos no Governo FHC e que aqueles cursos não qualificavam ninguém para o mercado de trabalho.
De outra parte, Dilma deve enfatizar:
– O custo dos pedágios – mostrar o paralelo com os preços cobrados em praças da alçada do Governo Federal;
– Por que Paulo Preto é protegido pelo Governo de SP?
– Por que foram engavetadas mais de 60 CPIs contra os tucanos em SP?
– Onde está a Mônica Serra e como foi a história do abor. Sabe-se, por depoimentos de várias alunas, que Mônica deixou claro que o aborto foi uma decisão do Serra e que ela aquiesceu
– Se o BB não tivesse comprado a Nossa Caixa, ela teria sido privatizada como forma outras empresas públicas de São Paulo?
– Para quem os tucanos querem o Pré-Sal?
– Como falar de aparelhamento, se o próprio Jornal da Tarde de São paulo mostrou que o governo paulista é um puleiro de fantasmas de partidos de vários estados, inclusive ghente que hoje está trabalhando o tempo todo na campanha tucana…
– Deixar claro que enquanto LUla é motivo de orgulho para os brasileiros, ele, Serra, já virou motivo de chacota…
– Falar da destruição da indústria naval brasileira, que nos tempos de FHC/Serra empregava menos de 2 mil pessoas e hoje são mais de 50 mil.
É hora de pontuar estas questões e respondê-las de modo claro, incisivo. Vamos, pois, esperar para ver o bicho que vai dar.
Quais sereiam as sugestões de perguntas que cada um dos que me acompanham teria?