Grêmio: não basta se dizer imortal, precisa é jogar futebol

15 04 2011

O Grêmio de 2011 é o mesmo Grêmio que vive de um faz de conta.
Jogadores medianos descobriram que ao se rotularem, em sites ou no twitter como ‘imortais’, caem nas graças de uma torcida forjada na mentira, no embuste.
Sou gremista de um outro tempo, confesso.
Sou de um tempo onde o time era limitado, mas tinha garra, tinha vergonha na cara.
Esta porcaria de ‘imortal’ surgiu de uma dos maiores fiascos do Grêmio, que foi o seu rebaixamento. E op Grêmio só subiu por conta do acaso, não de um time. Aquela história dos Aflitos e seu aspecto heróico, aquilo tudo serve para engambelar os jovens torcedores – que gostam de se sentir ‘partes’, quando atuam apenas como tolos. Repetindo asneiras sem parar para ver que nosso time se encaminha para ser uma espécie de ‘Ameriquinha’.
O que tenho visto em campo neste 2011 me envergonha e sinto que este sentimento também está presente nas reações dos meus filhos – gremistas iguais a mim.
O time não tem padrão de jogo, não tem esquema tático.
É um bando de ‘imortais’, verdadeiros peladeiros – comandados por um fanfarrão que, consumido pelo ego, esqueceu que a função de qualquer treinador é começar o seu time por um sistema defensivo confiável.
O Grêmio de Renato é uma piada e diria que o treinador já venceu seu período.
Falta comando. Faltam alternativas.
Talvez por ego, mas a verdade é que o Grêmio de Renato e Odone é um time tão medíocre – que leva sufoco que times como Liverpool, do Uruguai, e é goleado por timecos como o Oriente Petrolero.
Quanto tempo a direção vai demorar para intervir?
Que Renato volte a ser apenas treinador.
Ou que seja substituído – o que é minha recomendação.
Não precisa ir muito longe para contratar o substituto.
Basta chamar o desempregado Lisca e fazer uma limpa no plantel – mandando embora ‘imortais’ que me dão nojo e asco ver usando a camisa do grêmio. A lista é grande: Clementino, Viçosa, V. Pacheco, Rafael Marques, Gilson – apenas para começar.
O torcedor, fascinado pela basófia das declarações de amor do Renato – eu também declararia amor a um time se a cada 30 dias recebesse R$ 470 mil limpinhos por este amor – vai aceitando as palhaçadas que vem fazendo.
Acorda direção enquanto é tempo. O prazo de validade de Renato já venceu.

Anúncios




Jorge Martins – O Crocodilo de 4 de abril

4 04 2011

Brasiliense continua favorito - Ft.: Francisco Stukert


MUITA ÁGUA AINDA VAI ROLAR

A fonte ainda não secou. O que quero dizer é que não há nada definido no Candangão. Pela lógica, óbvio que o Brasiliense continua como o mais cotado para chegar ao título. Tem o melhor time, melhor banco, melhor estrutura. Por sinal, não sei sequer o que ele está fazendo nesse quadrangular. Um time que chega na frente dos demais com 12 pontos de vantagem, num campeonato curto como o da FBF, há muito já deveria estar com a taça, título e faixas de camepão na Boca do Jacaré. Mas se concordou com o regulamento, paciência. Mas,repito, é o favorito.
Domingo, em Formosa, o Brasiliense pegará um adversário determinado a tirar o couro do Jacaré a qualquer custo. A empolgação tem seus justos motivos. Afinal, o verde formosense não apenas fez uma boa campanha e classificou-se para as semifinais por seus próprios méritos como, agora, na hora dos pingos nos “i”, bateu o Botafogo-DF no Cave e o Gamão em seus domínios. E, por favor, sem essa de chororô, de responsabilizar a arbitragem. Se o gol foi duvidoso, o Periquito teve perto de 60 minutos para chegar a igualdade, 10 deles com o Formosa com um jogador a menos. Mesmo derrotado, ouso afirmar que essa tenha sido uma das melhores partidas do Gama no Candangão. O resultado mais justo seria o empate. Mas futebol é isso mesmo.
Contra o Brasiliense, portanto, o Formosa terá de jogar todas as suas fichas. A vitória será fundamental para requerer o visto do seu passaporte para à final. Com nove pontos, poderá até perder seus futuros jogos no DF e esperar por uma vitória contra o Botafogo em seu território. Daí porque até mesmo um empate contra o Amarelão de Taguatinga, convenhamos, estará de bom tamanho para ele, vez que um empate entre Gama e Botafogo-DF ainda o deixará numa situação bem confortável na tabela.
Ao Botafogo e Gama, não restam maiores alternativas: só vitórias interessam. Quem perder, dança! Para manter a pretensão de ainda chegar à final, sem pontos ganhos, ambos terão uma rodada decisiva no próximo domingo. Será vencer ou vencer! E torcer para o Brasiliense superar a equipe goiana (que ainda terá dois jogos difíceis em Brasília, contra o Jacaré e o Gama, no Serejão e no Bezerrão, respectivamente. É isso aí!

—-

PLACAR MORAL

CANDANGÃO

Formosa 1 X 1 Gama
Brasiliense 1 X 0 Botafogo

PAULISTA

Mirasol 1 X 1 São Paulo
Palmeiras 2 X 1 Santos

CARIOCA

D.de Caxias 1 X 4 Flamengo
Vasco 7 X 1 Bangu
Botafogo 0,0 X 0,0 Resende

—-

FIM DO CREDENCIAMENTO

A Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos – ABCD – informa aos associados e empresas que ainda não solicitaram o credenciamento nacional da Abrace, que o prazo para esse procedimento será encerrado no dia 15/04.
A partir dessa data, o credenciamento nacional será feito apenas para os integrantes de equipes esportivas que estejam começando suas atividades.

—-

CARTÃO VERMELHO

A Fifa e a Uefa baniram a Bósnia do futebol mundial. A ação é decorrente da Federação do país negar-se a mudar seu estatuto, que prevê o comando diretivo da entidade através de um regime de três presidentes, como ocorre com o governo bósnio. Como não foram atendidas na determinação, as entidades decidiram suspender os bósnios, por tempo indeterminado. Sua seleção e clubes (56ª colocada no ranking mundial) estão proibidos de jogar partidas internacionais..

—-

OPINIÃO
(E-Mail para Fernando Calazans-O Globo)

Amigo Fernando. Enquanto embalo meu domingo ouvindo o magnífico Carlos José, gostaria de observar que se o Milan jogasse sempre tão bem como jogou contra a Inter, seria um time quase imbatível. Sidorff acabou com o jogo. Joga muito o holandês casado com brasileira. Até os geralmente medíocres laterais do Milan jogaram bem. O namoro do Pato com a filha do “homem” tudo indica que tem feito bem ao garoto. Ótimo. Você viu, Fernando, baixaram o cacete naquele talentoso meia holandês. Mas, também, já mascaradão, cheio de frescuras. Creio que a Inter ainda é melhor time do que o Milan. Mesmo porque não existe dois jogos iguais. Caso Ganso realmente vá embora, azar o nosso e da bola, prefiro que vá para o Barcelona. Mas como parece não haver tal posibilidade, que vá brilhar na Inter. O que achas? Por fim, achei uma piada de mau gosto, li por aí, que o Real Madrid gostaria de trocar Kaká por Neymar. Nem quando Kaká estava em forma, jogava mais do que Neymar, que, por sua vez, é muito mais moço, sem contusões e ainda com muita lenha-futebol para mostrar. Forte abraço e continue lembrando de verdadeiros e eternos craques, como Didi, Gerson, Zico. Faz bem ao futebol, eleva teu raciocinio e deixa feliz teus leitores de bom gosto. (Vicente Limongi)

—-

BOLA MURCHA

O troféu Bola Murcha do final de semana vai para o grupinho de cafajestes, que travestidos de torcedores do Gama provocaram toda sorte de badernas antes, durante e após o jogo do alviverde em Formosa, cidade que tão bem tem acolhido todas as torcidas dos clubes do Distrito Federal. A PM foi muito condescendente. Mereciam xilindró.

—-

TÚLIO MARAVILHA

Na batalha pela conquista do seu milésimo gol, o atacante e boa praça Tulio Maravilha foi personagem, domingo, no Serejão, de matéria especial para o SportTV. A equipe da emissora poderia ter aproveitado a oportunidade para entrevistar o meia Iranildo, que também teve boa passagem pelo alvinegro carioca e aos 35 anos continua sendo um dos destaques do futebol brasiliense.

—-

TOMA, CÉSAR!

Cumprindo o ditado “A Cesar o que é de Cesar”, a coluna deseja cumprimentar o administador regional do Guará, Carlinhos Nogueira, que mesmo ainda sem ver a cor do dinheiro do GDF para muitas medidas que pretende tomar em favor do cidadão local, determinou nesta segunda-feira a passagem do trator para aparar o matagal que vinha tomando conta das quadras e conjuntos daquele satélite. Posto isto, “Toma, Cesar!” Valeu Nogueira! Nota mil.

—-

Partido Liberal está de volta à politica nacional

O Partido Liberal (PL) está de volta e com muito gás para fortalecer a política nacional. A sigla retorna contando com apoio de pastores evangélicos e de diversos outros setores, identificados com o ideário político do partido. Todos juntos estão promovendo uma mobilização nacional para refundar o partido, que foi extinto em 2007, depois da fusão com o Prona, que resultou no Partido da Republica (PR). Um dos coordenadores da legenda em Brasília, o pastor Osésa Rodrigues, diz que o partido já está próximo de conseguir número suficiente de assinaturas para requisitar seu registro formal junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), cuja exigência da lei eleitoral é de apresentar a assinatura de 0,5% dos eleitores registrados no Brasil, o que corresponde a 500 mil assinaturas.
Segundo Osésa, um grupo de evangélicos trabalha desde 2007 para recriar a sigla que já conseguiu o apoio, na capital federal, de mais de 23 mil assinaturas. E em 18 estados o total ultrapassa 400 mil assinaturas de apoio. Osésa indica que o PL não será, explicitamente, um partido evangélico, mas espera que seja um espaço para congregar todos os evangélicos, que vão defender os interesses dos fiéis.
A legenda no DF prepara um grande evento para a próxima sexta-feira, 8 de abril, quando dará posse à executiva do partido, solenidade que oficializará a diretoria e contará com a presença do presidente nacional, Cleovan Siqueira. (Por:Deise Lisboa)

—-

CROC_S

O BOTAFOGO voltou a apresentar os mesmos problemas no empate (de bom tamanho) de 1 X 1 contra o Resende. Se verdade que o técnico Caio Júnior mal teve tempo de conhecer melhor os jogadores, nem por isso pode-se eximí-lo de alguma responsabilidade, sobretudo na substituição do Everton por Arévalo. /// ADEMAIS, falar durante toda a semana que o seu time seria ofensivo e entrar em campo num 4-4-2 diante do Resende, convenhamos que não foi bom sinal. Mudou o quê? /// O PROBLEMA do Botafogo não é técnico, mas a falta de qualidade de 60% dos seus jogadores. O time precisa urgentemente de reforços. E reforços contratados por gente do ramo, não por amadores. O departamento de futebol simplemente não existe. É o pior do Rio /// UMA vez mais na Taça Rio, o Vasco apareceu como o melhor da rodada. Não pelos 4 X 0 que meteu no Bangu, mas pelo bom toque de bola e variações táticas que apresentou no decorrer dos 90 minutos. /// O FLAMENGO venceu, mas absolutamente não convenceu. Se é verdade que teve mais posse de bola, fez um gol através de um chute do Renato da intermediária e conseguiu um outro, contra, no finalzinho, graças a uma boa ajuda dos Deuses do Futebol. /// O FLUMINENSE foi outro que ficou devendo. Salvou-se pelos dois gols que fez nos primeiros 20 minutos de jogo. E só! /// DOS quatro grandes, porém, o Botafogo foi novamente o pior. Está mal o alvinegro. /// FOI bonito ver as instalações de São Januário novamente tomadas pela esfusiante torcida vascaína. Um belo espetáculo de amor ao clube. Agora, sim, Roberto Dinamite está no caminho certo. /// A ASSOCIAÇÃO Brasiliense de Cronistas Desportivos-ABCD- continua aguardando da Sectetaria de Esportes as anunciadas mudanças no comando da administração do estádio Bezerrão, cuja responsabilidade de manutenção e administração é daquela Secretaria. /// A PRESIDENTE Dilma Rousseff terá mais uma vaga para preencher no Superior Tribunal de Justiça-STJ-. Ainda este mês, quem se aposenta é o ministro Aldir Passarinho Filho. Gente que é gente, amigo da gente. /// COM a presença de dezenas de familiares e amigos, principalmente do mundo jurídico, quem foi festejado pela passagem dos seus 90 anos, foi o advogado Antonio Carlos Sigmaringa Seixas, um dos baluartes da advocacia brasiliense. /// É isso aí!





E viva a passionalidade do torcedor!

31 03 2011

Comecei a escrever este post no dia 19 de março. E o retomo agora – convicto de que vale sim uma provocação.
Antes de mais nada: sou gremista, que isso fique sempre bem claro.
Mas me permito falar de outros times – porque também torcedores de outros falam do meu.
Vamos, pois, aos fatos – uma vez que a mídia hoje só tem olhos e ouvidos e atenção para Obama (quando, na minha opinião, o mais notável é saber que ele veio com esposa, filhas e sogra). E agora começa a colocar os pés num lodaçal tipo Vietnã, Afeganistão e Iraque – sem saber como fazer para derrubar Kadaffi – que não é molenga como Sadam.
De repente, uma estranha contradição: os rebeldes líbios são apoiados pela “Alcaida” do Bin Laden e pelos ianques de Obama. Até parece o samba do afro-descendente com problemas mentais.
Quando Renato chegou ao Grêmio, o time estava na zona do rebaixamento.
Isto todos lembram. Silas era um boneco nas mãos dos jogadores.
Renato chegou e foi para o emocional.
Indicou alguns reforços que se encaixaram perfeitamente e alguns até jogaram bem mais do que podiam.
O 2º semestre de 2010 foi de intensa sinergia entre Renato – time – torcida.
Veio dezembro e diante da tragédia do Goiás, a vaga para a LIbertadores caiu no colo do Grêmio. Uma espécie de prêmio – que se revelou também um castigo.
O Grêmio mudou a diretoria. Saiu um Duda Kroeff que estava mais preocupado com a sua fazenda do que com o Grêmio. Entrou Odone, mais preocupado com seu ego e sua carreira política do que com o Clube.
E Odone desandou a fazer trapalhadas – e o preço está sendo pago agora, com um time que se arrasta em campo… Quis Ronaldinho e deixou Jonas sair de graça. É um pavão que administra o Grêmio com ódio de Koff – que irá derrota-lo no final de 2012. Ou algum dos leitores acredita que com este time limitado, sem esquema de jogo, sem jogadas treinadas, sem dinâmica e nem mecânica de jogo… alguém acredita que se poderá ganhar algo além de um Gauchão?
Dispensou Paulo e Anderson Paixão – pai e filho que fizeram o Grêmio correr no final da temporada atropelando adversários. O novo preparador físico não consegue fazer os jogadores correrem no começo da temporada. Dizem que Renato e nem Odone gostam do Paixão porque ele é voz forte de vestiário, mobilizador e incendiário.
E o que se vê em campo é um time sem esquema tático, cheio de canhotinhos padrão enceradeira (Douglas, por exemplo, é pra mim um Zinho piorado). O time não tem padrão, corre feito um bando. A defesa leva gol de cabeça de jogadores altos, baixos – basta cruzar a bola na área e o pânico está instaurado.
E lá vem o Renato dizer que não escala o Mário Fernandes na zaga porque ele não sabe cabecear? E qual dos atuais sabe? Gilson? Gabriel? Rafa? Rodolfo?
Renato começa a naufragar no Grêmio porque o seu ego não permitiu que tivesse uma compreensão de que futebol não é apenas vamos-vamos.
O Grêmio não tem esquema tático. O Grêmio está mais pra bando do que pra time.
Não é só o Gilson que está ocupando espaço indevido.
O que dizer de Vinicius Pacheco… de Carlos Alberto… de Diego Clementino…
Enquanto isso, o Lins, aquele que veio do Criciúma e que na minha opinião seria o jogador de velocidade lá na frente, nem concentrar, concentra. Ele não faz parte da panela do Renato. Não foi jogador indicado por ele.
Tenho olhado os jogos. Sei que não vamos passar da próxima fase da Libertadores. Pode ser bom, uma vez que assim talvez o Renato comece a trabalhar fundamentos – passes, cobrança de lateral, cobranças de falta (não aquela porcaria de levantamento de bola para a área, nossa única jogada). Coisas assim prosaicas e que revelam o quadro de abandono do futebol do Grêmio.
Hoje o Grêmio precisa de um zagueiro pela direita; um lateral esquerdo; um meia de qualidade e que jogue com o pé direito e um atacante de melhor qualidade do que o Borges.
A torcida sempre é passional. Eu também sou.
Por isso, para mim, este time do Grêmio em 2011 é vergonhoso, patético e ridículo.
A mística da suposta imortalidade não pode nos cegar ao ponto de ver que o Grêmio em 2011 está matando o seu torcedor de raiva e também matando torcedores de outros times de tanto rir deste timeco bem limitado – mas ainda arrogante, sem perceber que a simples identificação com uma mística imortalidade não tem como transformar pernas de pau em jogadores dignos de vestir a camiseta do Grêmio.





Jorge Martins – O Crocodilo 16 e 17 de março

17 03 2011

VIDA DE FOTÓGRAFO

Sob sol ou chuva, afagos ou pancadas, eles estão sempre a postos para colher os flagrantes que o leitor vê nos jornais, revistas, sites e blogs. Na foto, sob o temporal temporal que caíu sábado, no Abadião (Ceilândia) o nosso companheiro e amigo Chiquinho Stuckert mostra como a coisa funciona para eles: preferem proteger seus “canhões” de fotos do que a si próprio. Eles são assim. Salve os fotógrafos do Brasil

—-

O BICHO NÃO É TÃO FEIO

Não há dúvida que a notícia da intervenção judicial (TJDFT) na Federação Brasiliense de Futebol pegou a todos de surpresa. Em princípio, óbvio que chegou a causar certo impacto. Ao afastar presidente e vice, respectivamente, de uma só cajadada, claro que a decisão judicial deixou transparecer a todos uma situação excessivamente delicada, como malversação de verbas públicas, coisa assim. Mas não é isso. O bicho não é tão feio como pintaram. O que teria ocorrido, sim, foi a destinação indevida de verba liberada pelo GDF para aplicação num projeto esportivo, e não distribuída entre o Gama, Brasiliense e CFZ, por representarem o futebol da cidade nas suas séries no Campeonato Brasileiro, como exposto na sentença. Bem diferente, portanto, de alguém da FBF apossar-se indevidamente do dinheiro público.
Ademais, da decisão cabe ainda recurso ao Tribunal de Justiça do DF. Trata-se, por enquanto, de sentença de primeira instância. Pelo exposto, após verificar a existência de irregularidades na aplicação da verba, na destinação indevida que teria sido dada pelo FBF, em se tratando de dinheiro público o juiz houve por bem determinar a intervenção. O que não sei (só mesmo vendo os autos da ação), é o que a FBF teria exposto em sua defesa, principalmente o presidente (licenciado) Fábio Simão, que emitiu a destinação do numerário. O que também não entendo é como um fato ocorrido em 2004 teria passado despercebido pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal, que analisa a liberação e aplicação das verbas liberadas pela GDF às suas Secretarias e, consequentemente, delas as federações. Afinal, já se vão aí oito anos. Complicado, complicado.
Pelo que depreendi ainda, o então vice, Paulo Araujo (atual presidente em exercício), não assinou nada, não autorizou nada. A destinação era da alçada do presidente, que recebendo o repasse da Secretaria, era e foi o responsável pela distribuição da verba. Pior, bem pior do que isso, no entanto, é constatarmos diariamente meterem à mão no dinheiro público através de maracutaias diversas. Bem ou mal, essa verba foi aplicada. Ninguém ficou com centavo dela. E as que saem para os bolsos de terceiros às custas das imorais verbas emergenciais, etc, etc.? É isso aí!

—-

PRESENÇA DA ABCD INCOMODA

Não teria como deixar passar em brancas nuvens a estranhesa do meu amigo e colunista do Caderno de Brasilia, José Bonetti, com relação ao fato de a Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos-ABCD- e Federação Brasiliense de Futebol, na pessoa do seu presidente, Paulo Araújo, não terem sido convidados (sequer informados, essa é a verdade) para um encontro realizado há dias em Brasilia, reunindo membros da Fifa, da CBF e do GDF.
Por qual razão não teriam convidado o presidente da FBF, responsável pelo futebol da cidade, francamente como desconheço o motivo. Foi como fazerem festa no Vaticano e não convidarem o Papa. Coisa assim. Uma indelicadeza e grosseria incomuns numa cidade que, tida e havida como Capital da República, repleta de órgãos com cartilhas mil de cerimoniais, se apresenta como sede de uma Copa do Mundo.
Com relação a exclusão da ABCD do encontro, porém, é mais fácil explicar. A entidade, como representante da crônica esportiva candanga e porta-voz direta da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos-Abrace-, é vista como espiã na busca pela moralidade. Verdadeira Persona non Grata para aqueles que não a querem por perto, que têm medo das suas paticipações, contestações e independência. A ABCD nunca pediu-lhes qualquer favor. Vive das suas posses, das anuidades dos seus associados. Não troca favores por migalhas ou promessas de status e verbas para si. Se solicitações faz (justíssimas), é sempre em favor dos seus associados, das aguerridas e sofridas equipes esportivas das nossas emissoras (que durante todo o ano acompanham o esporte da capital, fazendo das tripas coração para se manterem no ar).
Amigo Bonetti, o escriba aqui tem 50 anos de estrada no jornalismo. Não começou ontem. Pega tudo no ar. Sabe, por exemplo, que ao convidá-lo, o vice-presidente da CBF, Weber Magalhães, até certo ponto chegou até mesmo a burlar o esquema oficial. Pode crer: não querem mesmo a imprensa por perto, quem opine, quem conteste. Ou, como na maioria dos estados que sediarão, a Copa, já teriam indicado um membro em suas comissões pró-Copa.
Aliás, pelo que tenho observado, até mesmo nosso governador (e botafoguense) Agnelo Queiroz parece estar blindado com relação aos velhos amigos e conhecidos da crônica. Não me parece mais, realmente não, aquele amigo de então. É impossível que na sua agenda não disponha de 10 minutos para ouvir algumas coisas do nosso interesse… e dele também. Distanciou-se por completo. Uma pena, uma pena! É isso aí.!

—-

PERGUNTAR não ofende: será que ao anteciparem a rodada do domingo para sábado, a Federação Brasiliense de Futebol e os clubes pensaram no fato de a PMDF estar com quase 90% do seu efetivo voltado para a visita do presidente Barack Obama? E que, com isso, poderá não ter como dar cobertura a todos os jogos da rodada? Aliás, se alteraram apenas o jogo de um estádio, mantendo todos os demais como programados, por quê a antecipação? Meu Deus!

—-

C R O C _S

O PRESIDENTE do Brasiliense, Luiz Estêvão, tem mesmo de ir à Justiça Comum na busca dos direitos do clube. Foi dessa forma que, em 2000, o Gama conseguiu reverter sua exclusão do Brasileirão. O alviverde perdeu todas na Justiça Esportiva, mas graças a um trabalho jurídico notável e memorável do seu atual presidente, Paulo Goyas, ganhou todas na justiça comum. /// GANHOU na Justiça de Primeira Instância, no TJDFT, na Justiça Federal de Primeira Instância do DF e São Paulo, no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (sediado no Distrito Federal) e no Superior Tribunal de Justiça – não perdeu uma! /// GAMENSE alguma tem como esquecer-se disso. Não fosse Paulo Goyáz, a imprensa candanga (que motivou a paulista e carioca a favor da causa gamense da cidade) e a própria população do DF e seus muitos abaixo-assinados, e o Gama dificilmente teria conseguido êxito na guerra travada contra a CBF. /// O BRASILIENSE teve, sim, seu direito atropelado pela Justiça Desportiva. A inclusão do Duque de Caxias foi uma vergonha para a Justiça Desportiva. Idêntica a que praticou contra o Gama. /// O CLUBE carioca usou indevidamente dois jogadores que estavam punidos com o terceiro cartão amarelo. Caso cristalino de suspensão automática. Não respeitou, escalou-os e devia ser punido. Isso é uma vergonha! /// O JACARÉ tem mesmo é de botar a mandíbula pra fora e ir atrás dos seus direitos, mesmo participando da Série C. O que não pode é fazer o jogo da CBF e da justiça desportiva.Tem de cumprir a tabela para, após seis meses, ingressar na justiça comum. Nem que seja atrás apenas de boa e bojuda indenização. /// COM relação a recorrer à Fifa, confesso-lhes não acreditar que consiga absolutamente nada. A Fifa não é muito melhor que a CBF ou a nossa justiça desportiva. Blatter e Teixeira comem no mesmo prato. /// SE recorrer internacionalmente tem de fazê-lo perante o Tribunal Internacional de Haia. O Flamengo (com Márcio Braga) já fez isso. Só que, dias mais tarde, retirou a ação (a pedidos). E conseguiu o que queria. /// A TABELA do Candangão está totalmente desacreditada. O que os dirigentes estão fazendo, alterando-a a cada nova semana, desmoraliza o futebol da cidade. Um vexame! /// SERGIO Duque, da equipe de apoio da ABCD, será o responsável por conduzir em seu fon-fon, nesse sábado os cachorinhos farejadores de explosivos trazidos dos Estados Unidos a Brasília por agentes do FBI e da CIA. /// A PRIMEIRA coisa que os “xerifes”fizeram ao entrar no carro dele, no Aeroporto JK, foi cheirar tudo. Até o Sergio foi cheirado. Se em época de festas juninas, com cheiro de pólvora de bombinha na mão, certamente ele já era! É isso aí!





Libertadores – jogos fora complicam os brasileiros

16 03 2011

Começaram ontem os jogos de mais uma rodada da Libertadores 2011, na chamada fase de grupos. A rodada é particularmente delicada para os times brasileiros que seguem vivos na competição – exceção ao Corinthians que foi desclassificado pelo Tolima (que por sinal enfrenta o Cruzeiro em MG, depois de um empate heróico, por parte do time estrelado) e ao Flu – que sobrevive com ajuda de aparelhos e agora sem treinador. Mas o Flu só volta a campo na próxima semana.
Pode-se dizer que esta rodada marca a abertura dos chamados ‘jogos’ de volta – mas nãos e trata de uma verdade absoluta, porque há grupos com mais partidas já disputadas e outros ainda bem ‘atrasados’.

Grupo 1

Todos com quatro jogos e a liderança é do Libertad, do Paraguai – que soma 10 pontos, seis gols de saldo e está classificado (mesmo sem saber se em 1º ou 2º). Mas faz uma largada que o credencia a ser o time de melhor campanha na fase classificatória (o que implica em vantagens lá na frente quando na fase do mata-mata o segundo jogo sempre se dá na ‘casa’ do time com melhor campanha na 1ª fase.
Outros times do grupo 1:
San Martin – Peru – 6 pntos
Once Caldas – Colômbia – 3 pontos
San Luis – México – 2 pontos
Por incrível que pareça, até o San Luis tem chances ainda – tendo em vista que lhe restam mais duas partidas e teoricamente pode chegar a 8 pontos. Mas será preciso muita matemática e negar todo o desempenho até aqui (dois empates). Mais provável que o segundo classificado seja o San Matin, do Peru e que manda seus jogos no Estádio Monumental de Lima.

Grupo 2

É o grupo onde está o Grêmio – que em três partidas venceu duas e foi derrotado fora de casa para o Junior Barranquila, graças à providencial intervenção do árbitro. De qualquer forma, os jogos desta semana podem definir a situação de modo mais claro. A liderança é do Junior Barranquila que tem 9 pontos, seguido do Grêmio com 6. O Grêmio vai até o interior do Peru, cidade de Huánuco, para enfrentar o León – que levou 2 a 0 no Olímpico.
O jogo do Grêmio acontece às 5 da tarde desta quinta – 3 horas lá – porque o estádio não possui iluminação. Coisas da Conmebol. Na outra partida do grupo, o Júnior Barranquilla joga em casa contra o Oriente Petrolero e já pode carimbar e garantir a sua vaga.
Todos os times têm três jogos.
Junior Barranquilla – 9 pontos
Grêmio – 6 pontos
León de Huánuco – 3 pontos
Oriente Petrolero – 0 pontos

Grupo 3

É o grupo que tem o Flu na lanterna com dois míseros pontos. O grupo teve jogo ontem, com a vitória do Nacional de Montevidéui que fora de casa venceu por 1 a 0 o Argentino Juniors. O Flu só volta a campo no dia 23 de março – na outra semana, quando jogará ‘em casa’, contra o América do México. A vitória do Nacional não deixou o Argentno disparar, mas também não dá mais chance de vacilo ao Flu.
Vamos ver a classificação, colocando entre-parênteses a quantidade de jogos de cada um.
Argentino Juniors (4 jogos) – 7 pontos
América (3 jogos) – 6 pontos
Nacional (4 jogos) – 4 pontos
Fluminense (3 jogos) – 2 pontos

Grupo 4

Este grupo só terá jogos na próxima semana e não tem nenhum time brasileiro. Todos têm três jogos e a classificação, bem embolada, é a seguinte:
Caracas – 6 pontos
Universidad Católica – 4 pontos
Unión Española – 4 pontos
Velez Sarsfield – 3 pontos

Grupo 5

É o grupo no qual está o time do Santos e só tem um jogo esta semana, exatamente envolvendo o time da Vila contra o Colo Colo, jogo que acontece hoje no Monunteal David Arellano, em Santiago a sempre bela capital do Chile. Olhando-se, percebe-se que é o time com os jogos mais atrasados, razão pela qual colocarei a pontuação e o número de partidas já disputadas.
Assim, esta é a situaçãod e momento no grupo:
Cerro POrteño (3 jogos) – 5 pontos
Colo-Colo (2 jogos) – 3 pontos
Santos (2 jogos) – 2 pontos
Deportivo Táchira (3 jogos) – 2 pontos

Grupo 6

Neste grupo, o Inter faz hoje sua terceira partida – quando enfrentará em Cochabamba o Jorge Wilstermann. Aparentemente é o grupo mais fácil desta fase e o Inter deve ser o vencedor na partida de hoje – para chateação de gremistas que, a exemplo de mim, sabem que este time tem todas as condições de abocanhar em 2011 o 3º título da Libertadores. Pode perder apenas pela incompetência do seu treinador, porque em termos de time, elenco e força é o melhor do País. Cabe lembrar que todo começo de ano, esta é a avaliação que é feita do grupo/plantel colorado.
Hoje, neste grupo, também tem Emelec x Jaguares – deixando uma disformidade na quantidade de jogos de cada time. Assim, repitamos a estratégia de colocar o número de jogos já realizados.
Jaguares (3 jogos) – 6 pontos
Inter (2 jogos) – 4 pontos
Emelec (3 jogos) – 4 pontos
Jorge Wilstermann (2 jogos) – 0 pontos

Grupo 7

É aqui que a coisa também tá renhida. Todos os times já tem 3 jogos e ninguém conseguiu disparar.A rodada para eles começa hoje com o Cruzeiro recebendo na Arena do Jacaré em Sete Lagoas o deportes Tolima e amanhã temEstudiantes contra o Guaraní – do Paraguai.
Uma vitória do cruzeiro hoje clareia bem a situação – e é fundamental, porque o time do meu amigo Heleno Carvalho faz os dois últimos jogos fora de casa.
Cruzeiro – 7 pontos
Estudiantes – 6 pontos
Deportes Tolima – 4 pontos
Guararaní – 0 pontos

Grupo 8

Por fim, chegamos ao grupo que tem na liderança, por critérios de desempate, o Godoy Cruz, da Argentina. Confesso que nunca tinha escutado o nome deste time. Todos já realziaram três partidas e quem está em primeiro tem seis pontos (dois times) e quem está em último (dois times), conseguiram três pontos.
Vamos lá:
Godoy Cruz – 6 Pontos (saldo 1)
Peñarol – 6 pontos (saldo 0)
LDU – 3 pontos (saldo 0)
Independiente – 3 pontos (saldo -2)

Ou seja – se Grêmio, Inter, Santos e Cruzeiro vencerem, ficam em situação confortável…
Tirante pessimismos pontuais, a verdade que a situação mais tranquila é do Cruzeiro que joga em cas e do Inter que pegará mamão com açúcar. Pedreira mesmo tem o Santos e eu não aposto nada no time do Grêmio em face de uma teimosia de Renato em escalar o time para perder, coo se ele realmente estivesse querendo voltar a ser treinador do Flu…





Grêmio – um espetáculo deprimente numa tarde de sábado

12 03 2011

Sem me preocupar com mo resultado, o pior do jogo Grêmio x Cruzeiro foi perceber que o Renato amparado em seu gremismo de R$ 500 mil por mês está revelando uma incapacidade de montar taticamente o time. Já foi assim na partida contra o Caxias – como em outros jogos. Não nos iludamos, torcedores: o Grêmio não tem esquema tático e a única jogada ensaiada é o levantamento de bola para a área adversária.
Jogos como este de hoje servem também para ver quem tem algum futuro e quem precisa ser mandado embora por absoluta inaptidão. Sempre ressalvando a dúvida quanto a ser desmentido no futuro, mas pode-se dizer sem medo de errar que jogadores como Maylson, Vinicius Pacheco, Diego Clementino e Carlos Alberto – dos que começaram o jogo de hoje – não têm condições nem de completar o elenco.
Não diria que são ruins. Mas sim que são ruins demais. Comprometem o time e envergonham o torcedor.
Outra preocupação é quanto ao excessivo endeusamento de Renato mpor parte da torcida. Eu creio que ele está mais preocupado em jogar para a torcida do que interessado em fazer o time jogar. Tanto nos reservas quanto nos titulares, não há aproximação entre os jogadores, não há uma mecânica e fica um tal de alçar bola que é facilmente marcável pelo adversário. Lembremo-nos que o Grêmio perdeu André Lima e o Borges é um baixinho com boa impulsão. Nada além disso.
A insistência com a bola erguida é lamentável, porque não se trata de decorrência de uma jogada, mas reducionismo e simplificação.
Observando o jogo, pode-se dizer que o Grêmio entrou em campo extremamente mal escalado. Teria de ter começado com Mário Fernandes, Saimon, Neuton e B runo Colaço compondo a retaguarda. Na minha avaliação, o meio de campo teria de ser com Mateus Magro, Fernando, Mithuê (nem sei como se escreve o nome dele) e Emerson. O ataque com Wesley e Lins.
O Renato, ao que parece, tem especial predileção em fazer com que certos jogadores atuem fora de suas características. Mandar o Wesley sair da área é o memso que pedri para um elevante para lavar uma taça de cristal. Ele é jogador de área, com pouca mobilidade. Este trabalho teria sido melhor cumprido por Lins – que é arisco, tem velocidade e poderia contribuir mais do que Clementino.
Lamentável também o bagaço físico dos jogadores do Grêmio ao final da partida.
Por fim, as boas notícias (ao menos para mim) foram a confirmação de que Bruno Colaço deve ser titular do Grêmio; a qualidade do goleiro Matheus (não fosse ele e o Grêmio teria levado um balaio) e a constatação, ao menos para mim, que o Grêmio tem em seu elenco o atacante de velocidade que diz estar procurando no mercado. Resta saber se o Renato vai dar oportunidade para ele – me refiro a Lins.

E a Libertadores?

Estou apreensivo e com medo do jogo lá no Peru. O Grêmio que penou com o Liverpool – aquele time de amigos lá do Uruguai – e ainda não convenceu em 2011 é, para mim, apenas um bando de jogadores vestindo uma camisa gloriosa – sem esquema tático, sem jogadas ensaiadas e sem gerar confiança na torcida. Podemos passar de fase, mas não vejo nenhuma razão para acreditar no tri.





Jorge Martins – O Crocodilo de 11 e 12 de março

11 03 2011

Destaques

Globo decide não participar da disputa pelo Brasileirão 2013
Garotinho vai propor semana que vem nova CPI da CBF
TVs abandonaram o desfile das escolas de samba no DF
Crocodilo vai propor à União da Ilha homenagem a Nilton Santos
Manchetes Impossíveis
Pérolas do Esporte
Singapore Airlines, a melhor do mundo, começa a operar no Brasil
Mico: Governador do Rio se atrapalha na Sapucaí
Croc!s

—-

GLOBO CORRE DA DISPUTA

Parece decidido que a TV Globo não participará mais da briga pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro no triênio 2012/2014. Inconformada em ter de participar da licitação dentro das novas normas do Clube dos 13 e do CADE, a emissora informou que vai afastar-se da disputa, o que a deixará em situação delicada futuramente para obter uma competição substituta igualmente abrangente para as suas transmissões, já que as licitações internacionais são regidas pela Fifa, UEFA e Confederação Sul-Americana, respectivamente.
Para superar a emissora do Bispo Edir Macedo, a Globo teria de abrir demais o cofre (mais de 1 bilhão de reais) apenas com o novo contrato, além de outros milhões para convencer os clubes dissidentes a permanecerem com ela. O Clube dos 13 preferia que a emissora continuasse interessada na licitação, vez que, sem ela, e depois sem a TV Record, as demais emissoras interessadas deverão reduzir os valores das propostas. A expectativa, porém, é que ainda assim o novo contrato ultrapassará a casa de 1 bilhão.
Diante do recuo inicial da Globo, a grande expectatitva do C- 13 dizia respeito aos valores que poderiam ser oferecidos pela Record, que nos últimos anos fez propostas mais vantajosas mas que acabava sempre superada pela Globo, principalmente em função dos adiantamentos e empréstimos feitos aos clubes, artifício que, com o aval da CBF, foi responsável pela manutenção da exclusividade, além de cláusula que lhe permitia, abertos os envelopes das licitações, cobrir a oferta das demais emissoras.
Com ou sem dissidentes, o Clube dos 13 lançou sexta-feira (11) os editais das demais plataformas da mídia: TV fechada,internet, mobile e placas estáticas.
O bicho pegou. E pelo jeito a Rede TV ganhou. Vai levar? É isso aí!

—-

COELHO NA CARTOLA

Apesar das muitas notícias, adversidades e posicionamentos de figurões da República em favor da abertura da Copa 2014 em São Paulo, o governador Agnelo Queiroz se mantém no firme propósito de continuar lutando para que o evento seja realizado em Brasília. Pelo menos, foi o que deixou transparecer em entrevista que concedeu semana pasada a um jornal da cidade. Pessoalmente, vejo a iniciativa como verdadeira missão impossível. A menos, evidentemente, que o governador tenha uma carta decisiva na manga da camisa. Ou, quem sabe, um coelho na cartola. Fora isso, vejo a jornada como um sonho inacabado.
No quadro atual, o governador bate de frente não apenas com o ex-presidente Lula como também com a presidente Dilma, que vem de declarar seu apoio à candidatura paulista para sede da abertura do Mundial 14. E contra essa união de forças, mais o prestígio paulista em todos os segmentos, não vejo como poderá ter êxito sem arranhar sua imagem dentro do PT e também com a CBF e Fifa, cuja intenção (em troca das vantagens que levará com isenções fiscais, etc) obviamente é a de agradar o governo federal.
Fora a questão política, deve-se considerar a força paulista no ranking econômico e esportivo. Não há comparações. Claro que não. Além do maior potencial econômico, convenhamos que o futebol paulista carece de considerações em relação a sua história e tradição diante do futebol do Distrito Federal. Ser a Capital Federal não vem ao caso. A Fifa não considera esse aspecto. Se Copas foram inauguradas nas capitais dos países que a sediaram, como Zurique, Estocolmo, Franfurt, Roma, Paris, Londres, Buenos Aires, Madri, Montevidéu, Cidade do México e Johannesburgo, a razão deu-se em função da importância dessas cidades no contexto do futebol mundial. Bancaram a inauguração dos eventos por possuirem os maiores e mais conhecidos clubes do planeta, os grandes estádios e públicos. A abertura da Copa de 50, no Maracanã, não ocorreu em razão de, à época, o Rio ser a capital federal. Deu-se, sim, porque o futebol carioca era o principal destaque do nosso futebol, seguido pelo paulista que, por esse motivo, também abrigou jogos da chave da nossa seleção no Pacaembu.
Sediar um dos grupos da Copa já foi uma bela vitória de Brasília. Desejar mais é muita pretensão Diante disso, uma arena moderna , com capacidade para 45 mil pessoas, já estará de excelente e bom tamanho. Pelas razões expostas (e forças em contrário), não creio em coelhos na cartola. E se existirem, poderão ser grelhados… E como!!! É isso aí!

—-

CPI DA CBF

Vem aí mais uma CPI contra a CBF. A iniciativa é do ex-governador do Rio e deputado federal Anthony Garotinho, que já a partir da segunda-feira que vem começará a colher assinaturas para a formação da comissão (a terceira em 10 anos) destinada a investigar a entidade. Para a instalação da CPI são necessárias 171 assinaturas e a oficialização pela mesa diretora. Garotinho afirma já possuir mais de 100 deputados comprometidos em assinar.

—-

BOLA FORA

A ausência de uma única emissora de TV na transmissão do desfile das escolas de samba do Distrito Federal. Tanto a TV Nacional quanto a TV Brasília, que nos anos anteriores deram presença com suas transmissões, este ano simplesmente ignoraram o desfile. Lamentável!

—-

GLOBESTEIRA

À parte os repórteres e a presença do respeitado Aroldo Costa entre os cinco convidados, foi dos mais fracos o grupo que a emissora escalou para transmitir e comentar os desfiles na Sapucaí. Não apenas a dupla Luiz Roberto-Glenda ficou muito a desejar como os convidados fizeram de tudo, gracinhas, piadas idiotas e fanfarronices, menos avaliar tecnicamente os desfiles. Nota zero!

—-

MICO DA SEMANA

Por ter consagrado a candidata como representante do bairro ao concurso de Miss Brasília e, 24 horas após, acolhendo reclamação de outras candidatas (de que a contagem dos votos estarava errada), “cassou” o título da eleita e pediu de volta a faixa de miss e o cheque de R$500,00 da premiação, o troféu Bola Murcha da coluna vai para a administração de Vicente Pires – e grupo de jurados da tal votação. O nome da miss, vítima da trapalhada, é Layanne de Araujo. Por sinal, gatíssima. Meu Deus! Vexame! Saravá!!!

—-

QUEBRA-MOLAS ASSASSINO

Quem avisa, amigo é: urge que o Detran promova à retirada do quebra–molas assassino existente na via que vai da EPTU para a Via Épia. Alto, em cima de uma curva, com chuva, à noite e sem pintura, é crime premeditado. Aberração que poderá ceifar vidas e acarretar prejuízo de milhares de reais aos cofres públicos na justiça.

—-

NILTON SANTOS(I)

O Crocodilo encaminhará nos próximos dias carta aos dirigentes da União na Ilha visando motivar aquela simpaticíssima agremiação da Ilha do Governador a prestar nova homenagem ao bicampeão mundial Nilton Santos no carnaval de 2012. Nascido na Ilha, o Enciclopédia do Futebol é apaixonado pela escola e bairro onde surgiu para o futebol. Internado numa clínica da Gávea, seu atual estado de saúde não é dos melhores. Posto isto, a hora é essa. Ele merece.

—-

NILTON SANTOS (II)
Por sinal, O Crocodilo inicia este mês ainda o livro “DO PLANALTO A ARARUAMA”, que destaca a vinda do bicampeão de Uberaba para Brasília e sua passagem de 14 anos na Capital Federal, até sua ída para Araruama a clínica onde está atualmente internado, no Rio de Janeiro.

—-

O CROCODILO CHIOU

De constatar a confusão de projetos, relatórios, planos, previsões e as estaparfúdias alterações no custo da obra do Maracanã, que dos R$ 787 milhões iniciais já chegam a mais de um bilhão de reais. As constantes alterações aumentam, com as desconfianças atingindo vários órgãos, inclusive o Ministério Púbico, que precisa defnir se os tantos erros ocorridos devem ser arrolados na conta da incompetência ou dá má fé. Verdadeira caixa preta.

—-

O CROCODILO GOSTOU

Da animação do carnaval do Plano Piloto pelos blocos brasilienses no Reinado de Momo. Não fosse eles (Pacotão, Galinho, Baratona, Baratinha e Medida Provisória e outros menos votados), a impressão seria a de a cidade já em plena quarta-feira de Cinzas. Nota mil. Rapaziada!

—-

REVOADA (I)

Além da loja Kopenhagen e do tradicional restaurante Albatroz, agora foi a vez da Livraria Selva deixar o aeroporto JK, fechada por ordem judicial. Resultado: passageiros e usuários sem uma única banca de jornais e revistas à disposição. Motivo: os novos e milionaíros aluguéis das lojas cobrados pela Infraero. E a Copa vem aí!!

REVOADA (II)

Em razão dos aluguéis atuais, mais quatro outras firmas deverão deixar o local nos próximos meses. Aliás, a taxa de pernoite das aeronaves é tão desporporcional no aeroporto do DF, que a TAM promove o pernoite dos seus aviões em Goiânia. Mesmo indo e voltando pela manhã, ainda sai mais em conta para a empresa. Um vexame!

—-

PÉROLA DO ESPORTE

Durante sua passagem no Atlético Mineiro, contam em BH, que o que mais o técnico Leão prezava no clube era ser chamado de Senhor ou Professor Leão. Uma tarde, ao chegar à concentração de ovo virado e percebendo que os jogadores assistim um filme na TV, perguntou a um deles:
-Que filme é esse que tá passando na TV?
E o jogador:
– Eu, Você e o Mar.
Invocado como sempre, Leão dispara:
– O quê?
E o atleta com receio de uma bronca:
– Desculpe, professor. Eu quis dizer “EU,O SENHOR E O MAR!

—-

MANCHETES IMPOSSÍVEIS

Escola vencedora do carnaval do DF desfilará sábado na Sapucaí
Fifa garante festa da abertura da Copa no DF e encerramento em Natal
Botafoguenses,vascaínos e tricolores desfilam no Bonde do Mengão
Novo sonho de Ronaldinho Gaúcho é desfilar no Ceilambródomo
Detran: ComoArruda, Agnelo quer acabar com a festa das multas no DF

—-

MICO DA SEMANA

Por ter trocado as bolas ao comentar à disposição da presidente Dilma Rousseff de continuar a instalação das UPPS no Rio, o troféu Mico da Semana vai para o governador Sergio Cabral. Eis a “jóia” que detonu na Sapucaí: ”A presidente Lula tem comentado sua disposição de continuar a apoiar o projeto”. Saravá!

MELHOR DO MUNDO

Considerada como a melhor companhia aérea do mundo, a Singapore Airlines acaba de colocar no Brasil a venda de passagens para Madri e Cingapura. Seus vôos para o Brasil começarão no próximo dia 28 (Boeings 733). Será possível comprar passagem para Barcelona por R$ 1.400 (ida e volta), a mais barata do mercado.

—-

EDUCAÇÃO MISERÁVEL

Relatório divulgado 3ª.feira pela Unesco para a educação, revela que o Brasil investe 1.598 dólares (R$ 2.659,) por ano com cada estudante das série iniciais do ensino fundamental. O valor corresponde a menos de um terço do 5.570 dólares (R$ 9.246) aplicados plos países realmente desenvolvidos. O Brasil ocupa o 88º lugar no ranking, atrás até mesmo da Bolívia e Equador, nossos vizinhos mais pobres.

—-

BARRIGA DE ALUGUEL

O Rio já tem o primeiro casal de homens na espera de concretizar o sonho da paternidade por meio da rerpoduçao assistida (barriga de aluguel). O processo corre em sigilo no Conselho Regional de Medicina, que regulamenta a prática. Na Clínica Pró–Nascer, na Barra da Tijuca, em 2010 foi de 20% o aumento de casais de homens à procura de métodos de fertilização. Pois é…

—-

IRREVERÊNCIA CARIOCA

Eis mais alguns nomes dos fantásticos e irreverentes blocos cadastrados pela prefeitura do Rio neste carnaval: 1) Perereca do Grajaú; 2) Furukuteu; 3) Mengão Bier Fast; 4) Cordão do Boitatá; 5) O Berro da Viúva; 6) O Pluto é Filho da Pluta; 7) O Lagarto QUER MAMAR 8) Rola Cansada de Vaz Lobo; 9)Cueca Maneira; 10) Deita Mas Não Dorme; 11)Escorregando na baba do Quiabo; 12 Vem Ni Mim Que Sou Facinha; 13) Concentra Mas Não Sai; 14) Azeitona Sem Caroço; 15) Banda Incha Rola; 16) Porre Certo; 17) Bafo do Peru; 18) Bloco do Carvalho em Pé; 19) Bagunça meu Coreto; 20) Se Me Der, Eu Como; 21) Segura o Pau; 22) Me Engana Que Eu Gosto; 23) Cornos Inocentes; 24) Não Baba na Boca. É isso aí!

—-

C R O C _S

O PRESIDENTE do Corinthians, Andrés Sanchez, declarou no programa “Camarote PFC” ,que o estádio corintiano dificilmente ficará pronto até o dia 10 de maio de 2013, a menos de um mês da abertura da Copa das Confederações, como quer a Fifa. /// A DECLARAÇÃO do corintianho arrepiou a entidade, que mandou recado informando ser imprescindível que o estádio esteja pronto na data prevista. E detonou: ou o Morumbi poderá ser novamente indicado. O que não é nehuma novidade. Pelo menos, desde que o Itaquerão atrasou o início da construção. /// A FIFA quer uma certeza até junho deste ano, quando confirmará as datas e sedes do evento-teste de 2013. /// O DR. SÓCRATES é o mais novo brasileiro a extravasar sua insatisfação com os grandes empresários do país, que geralmente (são raras as exceções) só aparecem para lucrar, jamais para realmente ajudar o país. Sócrates pronunciou-se após saber que 98%, dos gastos com o Mundial (obras dos estádios, etc) sairão de bancos e empresas estatais. Mostra-se assustado,também, com a lentidão das obras dos estádios, a execução do planejamento viário, hoteleiro, dos aeroportos e demais itens fundamentais para a viabilização do evento. /// SE um dia o Sócrates souber como os empresários brasilienses tratam o esporte local, certamente terá um grande desgosto. /// O ADVOGADO e ex-diretor do extinto Defer, Hezir Espíndola, realizou mais um sonho de vida. Fantasiado de Centurião, desfilou numa das alas da sua querida e aguerrida Portela. Está mais feliz que pinto no lixo. /// O ESTACIONAMENTO do Mané Garrincha deverá ferver dia 17 com a apresentação da irreverente e trepidante cantora Shakira. Em seu camarim, durante o show, ela deseja tangerinas, bananas, ameixas, melancias e mangas em fatias e refrigerantes diet, além de saladas gregas e camarões grelhados. Tem bom gosto a moça. /// O CASO do Baré, eliminado da Copa do Brasil por falta de conhecimento do Boletim Nacional da CBF, que dá ou não condições aos jogadores inscritos pelo clube, é simplesmente degradante. Vergonhoso mesmo. Será que a CBF, que pubica o documento , não tinha como evitar a realização do jogo? /// O SUPERIOR Tribunal de Justiça Desportiva-STJD-deverá apreciar dia 15 o recurso interposto pelo Brasiliense para permanecer na 2ª Divisão do Brasileirão. Se o STJD for mesmo um tribunal sério, o Jacaré terá o recurso acolhido. A decisão foi uma vergonha para a justiça desportiva. /// O MINISTÉRIO Público conseguiu na justiça local paralisar novamente às obras do estádio Mané Garrincha. A base do pedido foi a inexistência de alvarás do Iphan e de outros órgãos para realizá-las. Meu Deus! Será que no GDF ninguém sabia disso? É isso aí! O IRREVERENTE e mais tradicional bloco do Rio de Janeiro ,o Cordão da Bola Preta ,mostrou que em ternos de blocos não tem prá ninguém: arrebatou dois milhões de foliões no embalo de sábado.Com isso (aval do Corpo de Bombeiros e três institutos de pesquisas), desbancou o Galo da Madrugada(Recife) da posição de maior bloco do mundo (Livro dos Recordes).///SEGUNDO dados da Riotur, mais de um milhão de turistas( 40% de estrangeiros) passaram o Reinado de Momo na cidade. O dinheiro deixado na cidade passou da casa de 1 bilhão de reais./// O ADVOGADO e ex-diretor do extinto Defer, Hezir Espíndola,realizou mais um sonho de vida.Fantasiado de Centurião, desfilou numa das alas da sua querida e aguerrida Portela.Está mais feliz que pinto no lixo.///NO Nosso Pacotão fantasiados de “A Freira e o Negão”,quem curtiu o embalo nas duas saídas do blocão foi o casal Genida- Professor Paulo Roberto Alves (Ex-CBF).///O ESTACIONAMENTO do Mané Garrincha deverá ferver nessa 5ª.feira com a apresentação da irreverente e trepidante cantora Shakira. Em seu camarim, durante o show, ela deseja tangerinas, bananas, ameixas, melancias e mangas em fatias e refrigerantes diet, além de saladas gregas e camarões grelhados. Tem bom gosto a moça. /// O CASO do Baré, eliminado da Copa do Brasil por falta de conhecimento do Boletim Nacional da CBF, que dá ou não condições aos jogadores inscritos pelo clube, é simplesmente degradante. E até inverossímel para o futebol pentacampeão do mundo. Que o clube desconhecesse, vá lá! Mas será que a CBF, que pubica o documento, não tinha como evitar a realização do jogo? Uma vergonha!/// O SUPERIOR Tribunal de Justiça Desportiva-STJD-deverá apreciar dia 15 o recurso interposto pelo Brasiliense para permanecer na 2ª Divisão do Brasileirão. Se o STJD for mesmo um tribunal sério, o Jacaré terá o recurso acolhido. A decisão foi uma vergonha para a justiça desportiva. /// HOSPEDADO num hotel do Setor Hoteleiro Norte, o que será que um membro da Fifa veio fazer em Brasília em plena 2ª feira de carnaval? /// O MINISTÉRIO Público conseguiu na justiça local paralisar novamente às obras do estádio Mané Garrincha. A base do pedido foi a inexistência de alvarás do Iphan e de outros órgãos para realizá-las. Meu Deus! Será que no GDF ninguém sabia disso? /// É isso aí!