PO ludibriou blogueiros

18 02 2010

Uma das mais deploráveis práticas do jornalismo chama-se adivinhologia – ciência preferida dos blogueiros que preferem colocar no ar aquilo que alguém ‘assoprou’ nos seus ouvidos. Com muito pouco de jornalismo, os blogueiros buscam uma instantaneidade que não lhes permite colocar em dúvida as veraddes que lhes são passadas. Julgam-se sempre detentores de alguma fonte secreta.

O episódio de PO – onde 9 em cada 10 blogueiros diziam de fonte segura que até a carta de renúncia já estava na Câmara – mostra claramente como é fácil manipular estes pseudo-jornalistas que atuam mais como porta-vozes de interesses do que comprometidos com a informação.

Aqui no DF, por sinal, quase todo blogueiro é empregado de algum partido político – sendo que muitos deles trabalham descaradamente como prota-vozes. A volúpia em informar fez com que os distintos e distintas coleguinhas e as edições online de TODOS os jornais tivessem uma sucessão de ‘barrigas’ (para quem não sabe: mentira).

No mínimo os blogueiros devem, por dever de ofício, pedir desculpas por colocarem o compromisso com a informação num plano inferior…