Jorge Martins – O Crocodilo de 24 de março

24 03 2011

A NOITE DE SÁBADO JÁ ERA

Se algum membro da crônica esportiva nacional pensava em continuar ‘usando’ as noites de sábado para curtir com a família, namorada ou simplesmente para ver um filme ou bater papo num bar com os amigos, pode tirar o cavalinho da chuva. Já era! A Confederação Brasileira de Futebol vem de decretar que o Brasileirão 2011 da Série A também terá jogos aos sábados, às 21 horas. Ou seja: após um sábado com futebol desde as primeiras horas da manhã com os campeonatos inglês, alemão, espanhol, italiano, russo e jogos do Brasileirão das séries A e B, além de jogos às segundas, terças, quartas, quintas e sextas-feiras com jogos das séries B, C e D, vespertinos e noturnos, eis que o Imperador Teixeira agora também nos impõe a realização de jogos aos sábados, a partir das 21 horas.
É claro que sempre existirão aqueles que aplaudirão a medida. Conheço alguns cidadãos que deverão adorá-la. Como não saem de casa nunca (quando muito vão à banquinha de jornais da quadra buscar o jornalzinho do dia), com certeza, deglutirão satisfatoriamente a ideia, com garfo e faca. Não são tantos, mas existem. Quanto aos demais torcedores e profissionais da área (a grande unaniminidade) que serão obrigados a esticar seus plantões também aos sábados, que se lasquem!
O que teremos pela frente? Simples: estádios cada vez mais vazios, baixas rendas e mais e mais prejuízos para os clubes, como se estivessem nadando em dinheiro e a metade deles já não estivesse comprometida com o adiantamento de cotas da TV até 2012. Lamentável! É isso aí!

—-

O GRANDE RECEIO

Apoiado por outros 12 distritais, o deputado Israel Batista (PDT) entrou com pedido na Câmara Legislativa visando à criação de uma comissão especial destinada a fiscalizar as obras e verbas da Copa do Mundo em Brasília. Um dos itens principais da medida, é saber a exata destinação das verbas e se a estrutura construída (estádio para 70 mil pessoas?) do futuro estádio não se constituirá num novo elefante branco candango. Ainda esta semana, os parlamentares decidiram pela criação de uma Frente Parlamentar dos Esportes, que deverá ser instalada dia 6.

—-

RALO FUNDO

Segundo o jornal Folha de São Paulo, o Ministério dos Esportes investiu no ano passado R$ 70 milhões em estádios que estão fora do Mundial. Pior: até para alguns que serão demolidos, como o Machadão (RN). A nova Arena potiguar a ser construída, terá capacidade para 60 mil pessoas. Como em Brasília, a média de público do campeonato estadual é de 5 a 7 mil torcedores. Trata-se do dinheiro público rolando para o ralo fundo (contas bancárias) dos espertos.

—-

ASSIM NÃO DÁ!

Conjugamos em gênero e número com o trepidante apresentador do programa Balanço Geral (TV-Record), Henrique Chaves, quando afirma que não dá mais para aturar os Secretários do GDF e administradores regionais justiticarem a ausência de providências sob a alegação da tal ”herança maldita”. A desculpa virou rotina. Será que a simples limpeza numa caixa d’àgua de escola carece de verba emergencial? Pras profundas! Basta!

—-

BOLA DENTRO

Nota mil para a indicação do narrador Milton Leite do SportTv para o time principal de narradores da TV Globo. No último final de semana ele estreou na emissora-nave narrando o Mundialito de Futebol de Areia. Em abril ,ele entrará na escala de transmissão dos jogos dos estaduais, Copa do Brasil e Brasileirão, revezando com Cleber Machado e o papagaio Luiz Roberto.

—-

GOL DE PLACA

O Gol de Placa da semana foi marcado pela deputada Mara Gabrilli (PMDB-SP), que repudiando o tratamento das empresas aéreas aos passageiros portadores de necessidades especiais, a parlamentar cobrou da Anac o cumprimento das normas que obrigam as empresas a prestarem atendimento específico aos deficientes, como disponibilizar elevador para embarque e desembarque, bem como divulgarem a existência do desconto de 80% nas passagens dos seus acompanhantes.

—-

CACIQUE

Um dos mais famosos blocos carnavalescos do Rio, o Cacique de Ramos, será o enredo da Mangueira no ano que vem. Será uma homenagem da verde-e-rosa aos 50 anos do blocão de Ramos, onde surgiram, dentre outros tantos expoentes do samba carioca, a botafoguense Beth Carvalho e o vascaino Zeca Pagodinho. Valeu, Mangueira!!! Nota mil!

—-

GANHA MAS NÃO LEVA

Mesmo que seja campeão do Candangão, o Formosa (GO) não participará da Copa do Brasil 2012 como representante do futebol do DF. A CBF não permite. Segundo fontes da FBF, a informação teria sido prestada ao Formosa durante reunião do Arbitral, no início do ano.

—-

SEM BIRITA

O deputado Paulo Teixeira, líder do PT na Câmara, sugeriu ao presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que a entidade coloque uma cláusula nos contratos dos técnicos (caso do Mano Menezes), proibindo-os de fazer propaganda de bebidas alcoólicas, por incentivo à bebedeira. Estamos com ele. Válido lembrar, porém, que um dos maiores patrocinadores da CBF é uma cervejaria. Posto isto….

—-

ESCOLINHA DO BOTAFOGO

A diretoria do Botafogo deu sinal verde para à abertura de uma nova escolinha de futebol do alvinegro. Será em Sobradinho, onde o beneficiário pelo aval do Glorioso já conseguiu da administração regional a disponibilização de uma área. Restam apenas alguns detalhes para a inauguração. A do Guará, por falta de área, ainda não saiu do papel.

—-

AGORA É LEI (I)

A presidente Dilma Rousseff sancionou dia 16 a Lei nº 12395/2011, que institui e altera normas gerais sobre desporto, na qual a imprensa esportiiva do país não foi esquecida. Graças a uma emenda do senador Álvaro Dias (PSDB-PR e ex-cronista esportivo), o Congresso aprovou e a presidente sancionou dispositivo (art. 90-F) que garante aos cronistas credenciados pelas associações estaduais e nacional seu acesso e locais de trabalho nas praças esportivas de todo o país.

AGORA É LEI (II)

Eis a íntegra do Art. 90, Inciso F: ”Os profissionais credenciados pelas Associações de Cronistas Esportivos quando em serviço têm acesso a praças, estádios e ginásios desportivos em todo o território nacional, obrigando-se a ocupar locais a eles reservados pelas respectivas entidades de administração do desporto”.

—-

E OS OUTROS?

O programa Bolsa Atleta deverá consumir R$ 40 milhões, dos quais R$ 36 milhões serão gastos com atletas dos esportes olímpicos, isto é, mais de 92% da verba total do programa. O que deixa transparecer um grande deficit na destinação de verbas para modalidades não olímpicas. Too bad!

—-

PERGUNTAR não ofende: será que o GDF concluiu o pagamento das obras de ampliação das pistas em frente ao Zoológico, transformadas em oceanos quando chove? Se não concluiu, ótimo! Aquela obra é uma vergonha! Sacanagem explícita em cima do povo desta cidade.

—-

MICO DA SEMANA

Roubarem um ônibus em plena Rodoviária de Brasília, vá lá. Afinal, ali já roubaram até mesmo uma ambulância. Mas, cacetas roxas!!! O ladrão sair daqui e ir até Barreiras(BA), a quase 700 kms do DF, sem ser parado uma única vez pelos quase oito postos da Polícia Rodoviária Federal, PM, etc – é mico internacional. Posto isto não há como a coluna deixar de outorgar o nosso distinto troféu àquelas dignas autoridades. Gorilaço, amigos!

—-

CROC_S

NO BEZERRÃO, na tarde deste sábado, às 16 horas. Gama e Brasiliense iniciam suas campanhas nas semifinais do Candangão. Amanhã, no Cave, às l6 horas será a vez do Botafogo-DF receber a visita do Formosa. /// O BRASILIENSE fechou o turno-returno do Candangão com “apenas” 12 pontos de vantagem sobre o segundo colocado. O Jacaré luta para conquistar seu primeiro título invicto no futebol da cidade. /// PARA o jogo deste sábado, aliás, tarde. Urge que a PMDF seja rigorosa e monte seu melhor esquema para conter os vândalos das torcidas organizadas dos dois clubes. A impunidade desses crápulas têm de acabar. Ou o futebol do DF acabará antes. /// RECORDAR é viver: ainda em termos de futebol candango, válido será recordar que em 1977 o time do CEUB chegou ao final do returno com boa vantagem sobre o segundo colocado. Pois bem. Já na fase semifinal, a federação “armou”, mudou o esquema e num empate com o Brasília na final. O Ceub perdeu o título. E, inconformado, deixou o futebol profissional da cidade. Olho vivo, Jacaré, olho vivo! /// ÚLTIMO colocado na tabela geral do Cariocão, o América, vive um novo drama fora das quatro linhas em razão da carta de intenções assinado pelo seu presidente com uma empresa, cedendo a área para a construção de um shopping center na sua sede de Campos Salles. /// VÁLIDO será lembrar, que nos anos 90 o clube negociou o estadinho do Andaraí para a construção do Shooping Center Iguatemi. Os conselheiros prometem reagir e “melar” o negócio. /// O BOTAFOGO comunicou a Federação do Rio, que reservou o Engenhão para dois shows do ex-Beatle McCartney nos dias 21 e 22 de maio, exatamente na abertura da Série A. A bomba sobrou para a dupla Fla-Flu, cujos jogos da primeira rodada serão no Rio e estavam marcados para o estádio do alvinegro. /// DENTRO de dois ou três meses o brasiliense deverá contar com mais um jornal de circulação diária. /// O TEMPO passa e pouco ou quase nada sabe-se da intenção do Governo do DF com relação a reforma do estádio Mané Garrincha, se o estádio terá capacidade para 45 ou 70 mil pessoas. O segredo é imenso (mesmo diante do fato de que à abertura do Mundial será em São Paulo). /// MENOS ainda, sabe-se sobre as reformas nos quatro demais estádios visitados pela Fifa para os treinos das seleções do grupo de Brasília no Mundial de 2014. Todos, sem exceção, sem as mínimas condições exigidas pela entidade internacional. /// A CAMISA do Flamengo oferecida pela presidente Patricia Amorim ao presidente Obama, não foi a única que ele levou para os States. Antes de seguir viagem, o governador Sergio Cabral presenteou Obama com camisas do Vasco, Botafogo e Fluminense. Ainda bem. /// O PROCURADOR-Geral da República Dr. Roberto Gurgel, pasmem, ficou de fora da relação da lista do Cerimonial da Presidência da República nas solenidades de Brasília. Foi convidado para dar presença apenas ao discurso do presidente norte–americano no Teatro Municipal,no Rio. /// NINGUÉM entendeu: Minas Gerais tem 24 deputados. Apesar disso, eis que nos deparamos no jornal da Câmara com um pedido de verba para a cidade mineira de Coramandel formulado pelo deputado candango Izalcy Lucas. É isso aí!





Jorge Martins – O Crocodilo 16 e 17 de março

17 03 2011

VIDA DE FOTÓGRAFO

Sob sol ou chuva, afagos ou pancadas, eles estão sempre a postos para colher os flagrantes que o leitor vê nos jornais, revistas, sites e blogs. Na foto, sob o temporal temporal que caíu sábado, no Abadião (Ceilândia) o nosso companheiro e amigo Chiquinho Stuckert mostra como a coisa funciona para eles: preferem proteger seus “canhões” de fotos do que a si próprio. Eles são assim. Salve os fotógrafos do Brasil

—-

O BICHO NÃO É TÃO FEIO

Não há dúvida que a notícia da intervenção judicial (TJDFT) na Federação Brasiliense de Futebol pegou a todos de surpresa. Em princípio, óbvio que chegou a causar certo impacto. Ao afastar presidente e vice, respectivamente, de uma só cajadada, claro que a decisão judicial deixou transparecer a todos uma situação excessivamente delicada, como malversação de verbas públicas, coisa assim. Mas não é isso. O bicho não é tão feio como pintaram. O que teria ocorrido, sim, foi a destinação indevida de verba liberada pelo GDF para aplicação num projeto esportivo, e não distribuída entre o Gama, Brasiliense e CFZ, por representarem o futebol da cidade nas suas séries no Campeonato Brasileiro, como exposto na sentença. Bem diferente, portanto, de alguém da FBF apossar-se indevidamente do dinheiro público.
Ademais, da decisão cabe ainda recurso ao Tribunal de Justiça do DF. Trata-se, por enquanto, de sentença de primeira instância. Pelo exposto, após verificar a existência de irregularidades na aplicação da verba, na destinação indevida que teria sido dada pelo FBF, em se tratando de dinheiro público o juiz houve por bem determinar a intervenção. O que não sei (só mesmo vendo os autos da ação), é o que a FBF teria exposto em sua defesa, principalmente o presidente (licenciado) Fábio Simão, que emitiu a destinação do numerário. O que também não entendo é como um fato ocorrido em 2004 teria passado despercebido pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal, que analisa a liberação e aplicação das verbas liberadas pela GDF às suas Secretarias e, consequentemente, delas as federações. Afinal, já se vão aí oito anos. Complicado, complicado.
Pelo que depreendi ainda, o então vice, Paulo Araujo (atual presidente em exercício), não assinou nada, não autorizou nada. A destinação era da alçada do presidente, que recebendo o repasse da Secretaria, era e foi o responsável pela distribuição da verba. Pior, bem pior do que isso, no entanto, é constatarmos diariamente meterem à mão no dinheiro público através de maracutaias diversas. Bem ou mal, essa verba foi aplicada. Ninguém ficou com centavo dela. E as que saem para os bolsos de terceiros às custas das imorais verbas emergenciais, etc, etc.? É isso aí!

—-

PRESENÇA DA ABCD INCOMODA

Não teria como deixar passar em brancas nuvens a estranhesa do meu amigo e colunista do Caderno de Brasilia, José Bonetti, com relação ao fato de a Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos-ABCD- e Federação Brasiliense de Futebol, na pessoa do seu presidente, Paulo Araújo, não terem sido convidados (sequer informados, essa é a verdade) para um encontro realizado há dias em Brasilia, reunindo membros da Fifa, da CBF e do GDF.
Por qual razão não teriam convidado o presidente da FBF, responsável pelo futebol da cidade, francamente como desconheço o motivo. Foi como fazerem festa no Vaticano e não convidarem o Papa. Coisa assim. Uma indelicadeza e grosseria incomuns numa cidade que, tida e havida como Capital da República, repleta de órgãos com cartilhas mil de cerimoniais, se apresenta como sede de uma Copa do Mundo.
Com relação a exclusão da ABCD do encontro, porém, é mais fácil explicar. A entidade, como representante da crônica esportiva candanga e porta-voz direta da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos-Abrace-, é vista como espiã na busca pela moralidade. Verdadeira Persona non Grata para aqueles que não a querem por perto, que têm medo das suas paticipações, contestações e independência. A ABCD nunca pediu-lhes qualquer favor. Vive das suas posses, das anuidades dos seus associados. Não troca favores por migalhas ou promessas de status e verbas para si. Se solicitações faz (justíssimas), é sempre em favor dos seus associados, das aguerridas e sofridas equipes esportivas das nossas emissoras (que durante todo o ano acompanham o esporte da capital, fazendo das tripas coração para se manterem no ar).
Amigo Bonetti, o escriba aqui tem 50 anos de estrada no jornalismo. Não começou ontem. Pega tudo no ar. Sabe, por exemplo, que ao convidá-lo, o vice-presidente da CBF, Weber Magalhães, até certo ponto chegou até mesmo a burlar o esquema oficial. Pode crer: não querem mesmo a imprensa por perto, quem opine, quem conteste. Ou, como na maioria dos estados que sediarão, a Copa, já teriam indicado um membro em suas comissões pró-Copa.
Aliás, pelo que tenho observado, até mesmo nosso governador (e botafoguense) Agnelo Queiroz parece estar blindado com relação aos velhos amigos e conhecidos da crônica. Não me parece mais, realmente não, aquele amigo de então. É impossível que na sua agenda não disponha de 10 minutos para ouvir algumas coisas do nosso interesse… e dele também. Distanciou-se por completo. Uma pena, uma pena! É isso aí.!

—-

PERGUNTAR não ofende: será que ao anteciparem a rodada do domingo para sábado, a Federação Brasiliense de Futebol e os clubes pensaram no fato de a PMDF estar com quase 90% do seu efetivo voltado para a visita do presidente Barack Obama? E que, com isso, poderá não ter como dar cobertura a todos os jogos da rodada? Aliás, se alteraram apenas o jogo de um estádio, mantendo todos os demais como programados, por quê a antecipação? Meu Deus!

—-

C R O C _S

O PRESIDENTE do Brasiliense, Luiz Estêvão, tem mesmo de ir à Justiça Comum na busca dos direitos do clube. Foi dessa forma que, em 2000, o Gama conseguiu reverter sua exclusão do Brasileirão. O alviverde perdeu todas na Justiça Esportiva, mas graças a um trabalho jurídico notável e memorável do seu atual presidente, Paulo Goyas, ganhou todas na justiça comum. /// GANHOU na Justiça de Primeira Instância, no TJDFT, na Justiça Federal de Primeira Instância do DF e São Paulo, no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (sediado no Distrito Federal) e no Superior Tribunal de Justiça – não perdeu uma! /// GAMENSE alguma tem como esquecer-se disso. Não fosse Paulo Goyáz, a imprensa candanga (que motivou a paulista e carioca a favor da causa gamense da cidade) e a própria população do DF e seus muitos abaixo-assinados, e o Gama dificilmente teria conseguido êxito na guerra travada contra a CBF. /// O BRASILIENSE teve, sim, seu direito atropelado pela Justiça Desportiva. A inclusão do Duque de Caxias foi uma vergonha para a Justiça Desportiva. Idêntica a que praticou contra o Gama. /// O CLUBE carioca usou indevidamente dois jogadores que estavam punidos com o terceiro cartão amarelo. Caso cristalino de suspensão automática. Não respeitou, escalou-os e devia ser punido. Isso é uma vergonha! /// O JACARÉ tem mesmo é de botar a mandíbula pra fora e ir atrás dos seus direitos, mesmo participando da Série C. O que não pode é fazer o jogo da CBF e da justiça desportiva.Tem de cumprir a tabela para, após seis meses, ingressar na justiça comum. Nem que seja atrás apenas de boa e bojuda indenização. /// COM relação a recorrer à Fifa, confesso-lhes não acreditar que consiga absolutamente nada. A Fifa não é muito melhor que a CBF ou a nossa justiça desportiva. Blatter e Teixeira comem no mesmo prato. /// SE recorrer internacionalmente tem de fazê-lo perante o Tribunal Internacional de Haia. O Flamengo (com Márcio Braga) já fez isso. Só que, dias mais tarde, retirou a ação (a pedidos). E conseguiu o que queria. /// A TABELA do Candangão está totalmente desacreditada. O que os dirigentes estão fazendo, alterando-a a cada nova semana, desmoraliza o futebol da cidade. Um vexame! /// SERGIO Duque, da equipe de apoio da ABCD, será o responsável por conduzir em seu fon-fon, nesse sábado os cachorinhos farejadores de explosivos trazidos dos Estados Unidos a Brasília por agentes do FBI e da CIA. /// A PRIMEIRA coisa que os “xerifes”fizeram ao entrar no carro dele, no Aeroporto JK, foi cheirar tudo. Até o Sergio foi cheirado. Se em época de festas juninas, com cheiro de pólvora de bombinha na mão, certamente ele já era! É isso aí!





Jorge Martins – O Crocodilo de 12 e 13 de março

15 03 2011

QUESTÃO DE CREDIBILIDADE

Após participar anteriormente de duas licitações e anunciar recentemente, em várias oportunidades, sua disposição de desbancar a Globo e concretizar o sonho da exclusividade de transmissão do Campeonato Brasilileiro, no triênio 2013-2015, a renúncia da Record de participar da licitação promovida pelo Clube dos 13, sexta-feira(11) causou estupefação entre clubes e torcedores. A alegação de tratar-se de uma licitação de ”cartas marcadas”, convenhamos não consegue satisfazer ninguém. Em termos da necessária credibilidade que a emissora possui e precisa sustentar, é muito pouco. Do Oiapoque ao Chuí, ninguém entendeu absolutamente nada.
Sem a Globo na parada (que anunciou 48 antes que não participaria da licitação), restava à Record superar apenas a proposta da Rede-TV. Estava, pois, em princípio, com o garfo e faca na mão para cortar e abocanhar o bolo. Anunciar que não participaria do encontro em cima da hora, a poucos minutos da licitação, expondo como razão que a licitação estaria direcionada para a Rede TV, obviamente que não esclareceu nada. Que cartas marcadas seriam essas?
Não era segredo que diante da cisão ocorrida no Clube dos 13, que alguns clubes pretendiam fazer seus contratos sem a participação daquela entidade. Cada qual querendo abocanhar mais, como Corinthians e Flamengo (R$ l00 milhões). Se contataram a Globo, a Band ou qualquer outra emissora para fecharem seus contratos, é um direito deles. Fizesse a Record a mesma coisa. Guerra é guerra! Então, urge que a emissora esclareça o que aconteceu para retirar-se e levantar a suspeita.
Quanto à Rede TV, francamente não consigo vislumbrar o que fará para dar conta do recado. A não ser, evidentemente, repassar boa parte dos direitos para a Globo ou Band. Uma rede de cobertura do Brasileiro não é simples. A Globo levou l2 anos para conseguir atender a contento clubes, torcedores e patrocinadores. Trata-se de um empreendimento complexo, que envolve semanalmente quase 200 horas de transmissão (séries A e B). São vários e caríssimos caminhões móveis e 300 ou mais funcionários em movimentação constante por todo o país, entre motoristas, auxiliares, técnicos, jornalistas, etc. E duvido muito que esteja preparada para isso. E o fundamental: a contratação de patrocinadores que entrem com um bilhão e meio para fazer frente ao contrato com o Clube dos 13, clubes e despesas com a competição, sobretudo se não contar no bolo com os dissidentes (Flamengo, Corinthians, Grêmio, Cruzeiro, Fluminense, Botafogo, etc).
É verdade que uma cláusula do contrato lhe garante sacramentar a validade do documento apenas se os clube dissidentes assinarem com o Clube dos 13. Posto isto, ela poderá safar-se do compromisso por ali, vez que dificilmente isso acontecerá sem que os clubes tenham atendidas suas atuais milionárias imposições. É isso aí!

—-

BRONCA GERAL

Tem procedência o chio do trio de arbitragem do jogo Botafogo–DF e Ceilandense, sábado, no Cave. Árbitro, bandeirinha e quarto árbitro reclamaram da falta de uma porta no vestiário destinado aos árbitros. Trata-se de desleixo descabido e absurdo. O trio teve de trocar de roupa num quarto da segurança do estádio. Há testemunhas. Com a palavra a Administração do Guará.

—-

PLACAR MORAL

CANDANGÃO
Botafogo 3 X 1 A.Ceilandense
Brasília 1 X 4 Gama
Brasiliense 2 X 1 Ceilândia
Formosa 4 X 2 CFZ

CARIOCA
Botafogo 5 X 0 Americano
Fluminense 2 X 1 Flamengo
Vasco 3 X 3 Madureira

—-

ATÉ PARECE UM TIME

O Botafogo que derrotou o Americano por 4 X 0, sábado, com os mesmas pernas-de-pau e o técnico Joel Santana no comando, até pareceu-me um daqueles times de outrora (e botem outrora nisso) do Glorioso, com Gonçalves, Sérgio Manoel, Túlio Maravilha e o técnico Paulo Autuori a comandá-lo. Principalmente nos primeiros l5 minutos, quando tocou bem a bola, errou menos passes e procurou o gol adversário. Claro que pegou uma baba pela proa. Dos chamados pequenos, o Americano mostrou-se como o mais fraco que o alvinegro enfrentou este ano.
Infelizmente, porém, no Botafogo uma boa vitória tem um custo muito grande. Diretoria, técnico e jogadores aproveitam o instante de lucidez para alardearem ter um bom grupo, bons jogadores e que a diretoria de futebol está no caminho certo. Aí é que são elas, porquanto escorados em algumas opiniões desastrosas de analistas, colhidas aqui e acolá, muitos torcedores acabam acreditando. E claro que nada é nada disso. O Botafogo precisa urgentemente de recompor seu time se quiser disputar um título. Mesmo contra os enganadores do Flamengo, os insatisfeitos das Laranjeiras Futebol Clube e a nau esburacada do Vasco. Faltam ao alvinegro, principal e imediatamente, um bom zagueiro, dois meio-campistas mais lúcidos e atacantes de melhor qualidade que o Boneco de Olinda (El Loco) e o argentino (Saravá!) Herrera-, também conhecido pelos hermanos sob o pseudônimo de “O mais pesado que o ar”.
O Fla- Flu? Uma pelada, amigos ,uma peladinha digna de ser disputada no Aterro do Flamengo. É isso aí!

—-

CANDANGÃO 2011

TUDO COMO DANTES
No Candangão, convenhamos que à exceção da pancada levada pelo Ceilandense no sábado, para o Botafogo, o panorama mudou muito pouco. Ou seja: mesmo jogando com um misto-quente, o Jacaré papou o Gato Ceilândia e manteve os l0 pontos de diferença para os segundos colocados (Gama e Botafogo-DF, respectivamente). Folga maior que essa do Brasiliense sobre os rivais, só mesmo a de funcionário de gabinete de ministro, deputado ou senador.
O Botafogo e o Gama venceram e se mantiveram bem na fila da vaga, respectivamente, enquanto ao perder do Misto-Quente do Amarelão, o Ceilândia teve a sua situação complicada. Ainda assim, tem chances, desde que vença o Gama no Abadião, sua casa (o que não será nenhum grande acontecimento do futebol, em que pese a melhor fase do Periquito). Também o Botafogo está com o garfo e faca na mão para abocanhar sua vaguinha. Afinal, pegará o lanterninha CFZ, que tomou um vasto chega pra lá do Formosa (5 X 2).
Ah!, sim, claro que também o time goiano está na briga. E como! A um ponto do Gamão e do Fogão-DF, a vencer o Ceilandense no Abadião (no Rorizão, Cave ou qualquer outo estádio, pois em Brasília nunca se sabe que dia será o jogo, a que horas e em que estádio) terá carimbado seu passaporte para às semifinais. Depende, portanto, apenas dele. Aliás, dependendo dos demais resultados, até mesmo com um empate poderá garantir-se.
Quanto ao Brasilia, tem mesmo de contar com milagres para chegar no bolo. Terá de vencer o… Brasiliense. E de goleada! Sentiram o drama, pois não? Aliás, não deu para entender o desespero dos seus jogadores no jogo contra o Gama: trêx expulsões, brigas,etc. Por que aquilo? Tivessem sofrido um gol e mantido a tranquilidade, jogado mais com os onze em campo, claro que ainda tinham como correr atrás de um empate, quem sabe? Mas se na atual conjuntura, com os onze em campo é complicado, claro que com oito ficou pior, bem pior. Digo o mesmo do Ceilandense: agora, só milagre. Mesmo que supere o Formosa, precisará de uma matemática precisa e infalível. E não creio em tanta positividade assim. É isso aí!

BRASILEIRÃO

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou na segunda (14) a primeira e última rodadas do Campeonato Brasileiro. A novidade será a realização de diversos clássicos na última rodadas de cada turno (19ª e 38ª), como Cruzeiro X Atlético Mineiro, Grêmio X Internacional e Avai X Figueirense, confirmados para a 19ª rodada (jogo de ída) e 38ª(jogo de volta). Os pontos corridos estão mantidos.

Veja os jogos da primeira rodada do Brasileiro (21 ou 22 de maio)

Palmeiras x Botafogo
Santos x Inter
Flamengo x Avaí
Fluminense x São Paulo
Ceará x Vasco
América-MG x Bahia
Grêmio x Corinthians
Atlético-MG x Atlético-PR
Coritiba x Atlético-GO
Figueirense x Cruzeiro

Veja os jogos da última rodada (26 ou 27 de novembro)

Corinthians x Palmeiras
São Paulo x Santos
Internacional x Grêmio
Cruzeiro x Atlético-MG
Atlético-GO x América-MG
Atlético-PR x Coritiba
Bahia x Ceará
Avaí x Figueirense
Botafogo x Fluminense
Vasco x Flamengo

—-

ENREDO OLÍMPICO

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, sonha que uma escola do Grupo Especial leve para a Sapucaí, ano que vem, o enredo “De Londres para o Rio”. E explica: “Seria a passagem da tocha da cidade-sede dos Jogos para 2012 para a capital de 2016. O prefeito garante que ajudará a agremiação na captação de patrocínio privado.

—-

PERGUNTAR não ofende: por que será que até agora Brasília é a única cidade-sede do Mundial-14 que ainda não teve definidos os nomes dos membros do Comitê Organizador Local (COL) e a imprensa esportiva nunca é informada das atividades referentes aos preparativos da cidade para a competição? Ou é para ser segredo mesmo?

—-

MEDO DE SÃO PEDRO

Os técnicos responsáveis pelo projeto do estádio do Corinthians têm mais um motivo para cumprir os prazos estipulados pela Fifa: aproveitar o período do meio do ano, tradicionalmente sem chuvas na capital paulista, para iniciar e concluir o processo de terraplanagem do terreno.

—-

CARNAVAL EM SAN LUIS

Dois mil sambistas de escolas de samba do Rio de Janeiro vão participar do carnaval da Comarca de San Luis, na Argentina, nos próximos dias 25 e 26. Para o sucesso da festa, o governo local investtiu US$ 5 milhões de dólares, que espera duplicar em termos de retorno. No ano passado, os desfiles renderam quase 15 milhões de dólares. A rede hoteleira já está totalmente ocupada..

—-

BOCHINCHO

Segundo bochincho ouvido nos bastidores do futebol candango, um dos times que luta por classificação para as semifinais, teria utilizado dois jogadores em condições irregulares na FBF, podendo perder de 4 a 6 pontos. Vem chumbo grosso por aí.

—-

“XERIFES”

Terça-feira, no Aeroporto de Brasília, desembarcam 3 cães farejadores de explosivos que atuam sob as ordens de agentes do Federal Bureau of Investigation (FBI). Carros especialmente contratados para apanhá-los estarão à espera dos “xerifes”. Durante a permanência do presidente Baracak Obama no Brasil , os au-au “xerifes” integrarão a equipe de segurança daquela instituição. Gente fina é outra coisa…

—-

GIGANTE DOS ARES

Para que tem idéia do gigantismo do avião que trouxe parte dos membros da delegação norte-americana que acompanhará o presidente Obama durante sua permanência no Brasil (agentes, pilotos, garçons, chefes de cozinha, um helicóptero, 3 carros e contêneires com água mineral e gêneros para a alimentação) devido ao seu tamanho, o “aviãozinho” foi levado para uma área especial do Aeroporto Militar. Tem quase o tamanho de um campo de futebol com as dimensões do Maraca. (l05 X 78) É mole?

—-

CROC_S

Segundo nota veiculada no jornal Folha de São Paulo, a TV Record teria jogado à tolha na briga pela exclusividade de transmissão do Brasileirão bem antes do que anunciaram. Internamente – diz o jornal – eles admitiram a impossibilidade de derrubar a Globo no meio da semana. /// O MEIA Thiago Galhardo, revelação do Bangu, está sendo disputado por Cruzeiro e Fluminense. /// O ÁRBITRO Djalma Beltrami, que deu aqueles exagerados 6 minutos e 30 segundos de acréscimo no jogo entre Bangu e Flamengo, é o mesmo que em 2005 que em 2007 foi decisivo na final do Estadual, entre Botafogo e Flamengo, ao anular um gol legítimo do atacante Dodô e, de quebra, expulsá-lo. Sua atuação contra o Bangu foi igualmente vergonhosa. Um minutio mais, e certamente arranjaria um pênalti contra o time rosado. /// O RIO de Janeiro vai sediar entre os dias 27 e 29 de abril o 6º Fórum Econômico Mundial da América Latina. O Brasil foi escolhido como sede pelo excelente desempenho na América Latina. O Rio, por sinal, já sediou o evento também em 2009. /// POR declarar para o árbitro que a penalidade contra o seu time existiu, razão pela qual a reclamação do técnico do time adversário (Al-Sailiua), Uli Shtikeh, tinha fundamento e que sua expulsão foi injusta, quem acabou se dando mal foi o técnico Paulo Autuori: foi suspenso por 1 jogo e multado em R$ 20 mil reais. Ética? Pra quê? /// DE um dirigente do Atlético Mineiro: ”Tenho certeza absoluta que o Jóbson ainda vai dar muitas alegrias ao Galo. O Botafogo precipitou-se ao cedê-lo sem tentar enquadrá-lo um pouco mais… Com carinho, apoio e paciência, ele realmente está entrando na linha”. Pode ser, pode ser. /// O BOA praça, jornalista poeta e membro da Academia Brasiliense de Letras, Adirson Vanconcellos, lança dia 6, com sessão de autógrafos, o livro “Chatô e seu tempo”. /// CONSTA por aí, que de olho na presidência da FBF, um empresário estaria agindo em cima de vários clubes amadores, pagando suas dívidas e emprestando alguns trocados. A contrapartida, claro, seria o voto de cada um na eleição da entidade, no final do ano. /// A FIFA informou aos participantes do seminário sobre a Copa-4 (Comitê Organizador Local), em Brasília, de que a cota máster de patrocínio para o Mundial custa R$ 200 milhões. Haja patrocinadores endinheirados. /// A REVISTA Veja que está em circulação, publica mais “historinhas” contadas (e filmadas) pelo contador de histórias candango,dr. Barbosa, sobre os “distintos” envolvidos na Operação Caixa de Pandorra. Cruzes! Em se tratado apenas de Brasília, o problema não é a quantidade de corruptos, mas saber onde descobriram tanta grana para abocanhar. /// AGORA, uma pergunta que não quer calar: por que agora ele só liberou o video da deputado Jaqueline Roriz? E os outros? Estranho, né gente? O que há por trás disso, hein? É isso aí!





Jorge Martins – O Crocodilo de 11 e 12 de março

11 03 2011

Destaques

Globo decide não participar da disputa pelo Brasileirão 2013
Garotinho vai propor semana que vem nova CPI da CBF
TVs abandonaram o desfile das escolas de samba no DF
Crocodilo vai propor à União da Ilha homenagem a Nilton Santos
Manchetes Impossíveis
Pérolas do Esporte
Singapore Airlines, a melhor do mundo, começa a operar no Brasil
Mico: Governador do Rio se atrapalha na Sapucaí
Croc!s

—-

GLOBO CORRE DA DISPUTA

Parece decidido que a TV Globo não participará mais da briga pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro no triênio 2012/2014. Inconformada em ter de participar da licitação dentro das novas normas do Clube dos 13 e do CADE, a emissora informou que vai afastar-se da disputa, o que a deixará em situação delicada futuramente para obter uma competição substituta igualmente abrangente para as suas transmissões, já que as licitações internacionais são regidas pela Fifa, UEFA e Confederação Sul-Americana, respectivamente.
Para superar a emissora do Bispo Edir Macedo, a Globo teria de abrir demais o cofre (mais de 1 bilhão de reais) apenas com o novo contrato, além de outros milhões para convencer os clubes dissidentes a permanecerem com ela. O Clube dos 13 preferia que a emissora continuasse interessada na licitação, vez que, sem ela, e depois sem a TV Record, as demais emissoras interessadas deverão reduzir os valores das propostas. A expectativa, porém, é que ainda assim o novo contrato ultrapassará a casa de 1 bilhão.
Diante do recuo inicial da Globo, a grande expectatitva do C- 13 dizia respeito aos valores que poderiam ser oferecidos pela Record, que nos últimos anos fez propostas mais vantajosas mas que acabava sempre superada pela Globo, principalmente em função dos adiantamentos e empréstimos feitos aos clubes, artifício que, com o aval da CBF, foi responsável pela manutenção da exclusividade, além de cláusula que lhe permitia, abertos os envelopes das licitações, cobrir a oferta das demais emissoras.
Com ou sem dissidentes, o Clube dos 13 lançou sexta-feira (11) os editais das demais plataformas da mídia: TV fechada,internet, mobile e placas estáticas.
O bicho pegou. E pelo jeito a Rede TV ganhou. Vai levar? É isso aí!

—-

COELHO NA CARTOLA

Apesar das muitas notícias, adversidades e posicionamentos de figurões da República em favor da abertura da Copa 2014 em São Paulo, o governador Agnelo Queiroz se mantém no firme propósito de continuar lutando para que o evento seja realizado em Brasília. Pelo menos, foi o que deixou transparecer em entrevista que concedeu semana pasada a um jornal da cidade. Pessoalmente, vejo a iniciativa como verdadeira missão impossível. A menos, evidentemente, que o governador tenha uma carta decisiva na manga da camisa. Ou, quem sabe, um coelho na cartola. Fora isso, vejo a jornada como um sonho inacabado.
No quadro atual, o governador bate de frente não apenas com o ex-presidente Lula como também com a presidente Dilma, que vem de declarar seu apoio à candidatura paulista para sede da abertura do Mundial 14. E contra essa união de forças, mais o prestígio paulista em todos os segmentos, não vejo como poderá ter êxito sem arranhar sua imagem dentro do PT e também com a CBF e Fifa, cuja intenção (em troca das vantagens que levará com isenções fiscais, etc) obviamente é a de agradar o governo federal.
Fora a questão política, deve-se considerar a força paulista no ranking econômico e esportivo. Não há comparações. Claro que não. Além do maior potencial econômico, convenhamos que o futebol paulista carece de considerações em relação a sua história e tradição diante do futebol do Distrito Federal. Ser a Capital Federal não vem ao caso. A Fifa não considera esse aspecto. Se Copas foram inauguradas nas capitais dos países que a sediaram, como Zurique, Estocolmo, Franfurt, Roma, Paris, Londres, Buenos Aires, Madri, Montevidéu, Cidade do México e Johannesburgo, a razão deu-se em função da importância dessas cidades no contexto do futebol mundial. Bancaram a inauguração dos eventos por possuirem os maiores e mais conhecidos clubes do planeta, os grandes estádios e públicos. A abertura da Copa de 50, no Maracanã, não ocorreu em razão de, à época, o Rio ser a capital federal. Deu-se, sim, porque o futebol carioca era o principal destaque do nosso futebol, seguido pelo paulista que, por esse motivo, também abrigou jogos da chave da nossa seleção no Pacaembu.
Sediar um dos grupos da Copa já foi uma bela vitória de Brasília. Desejar mais é muita pretensão Diante disso, uma arena moderna , com capacidade para 45 mil pessoas, já estará de excelente e bom tamanho. Pelas razões expostas (e forças em contrário), não creio em coelhos na cartola. E se existirem, poderão ser grelhados… E como!!! É isso aí!

—-

CPI DA CBF

Vem aí mais uma CPI contra a CBF. A iniciativa é do ex-governador do Rio e deputado federal Anthony Garotinho, que já a partir da segunda-feira que vem começará a colher assinaturas para a formação da comissão (a terceira em 10 anos) destinada a investigar a entidade. Para a instalação da CPI são necessárias 171 assinaturas e a oficialização pela mesa diretora. Garotinho afirma já possuir mais de 100 deputados comprometidos em assinar.

—-

BOLA FORA

A ausência de uma única emissora de TV na transmissão do desfile das escolas de samba do Distrito Federal. Tanto a TV Nacional quanto a TV Brasília, que nos anos anteriores deram presença com suas transmissões, este ano simplesmente ignoraram o desfile. Lamentável!

—-

GLOBESTEIRA

À parte os repórteres e a presença do respeitado Aroldo Costa entre os cinco convidados, foi dos mais fracos o grupo que a emissora escalou para transmitir e comentar os desfiles na Sapucaí. Não apenas a dupla Luiz Roberto-Glenda ficou muito a desejar como os convidados fizeram de tudo, gracinhas, piadas idiotas e fanfarronices, menos avaliar tecnicamente os desfiles. Nota zero!

—-

MICO DA SEMANA

Por ter consagrado a candidata como representante do bairro ao concurso de Miss Brasília e, 24 horas após, acolhendo reclamação de outras candidatas (de que a contagem dos votos estarava errada), “cassou” o título da eleita e pediu de volta a faixa de miss e o cheque de R$500,00 da premiação, o troféu Bola Murcha da coluna vai para a administração de Vicente Pires – e grupo de jurados da tal votação. O nome da miss, vítima da trapalhada, é Layanne de Araujo. Por sinal, gatíssima. Meu Deus! Vexame! Saravá!!!

—-

QUEBRA-MOLAS ASSASSINO

Quem avisa, amigo é: urge que o Detran promova à retirada do quebra–molas assassino existente na via que vai da EPTU para a Via Épia. Alto, em cima de uma curva, com chuva, à noite e sem pintura, é crime premeditado. Aberração que poderá ceifar vidas e acarretar prejuízo de milhares de reais aos cofres públicos na justiça.

—-

NILTON SANTOS(I)

O Crocodilo encaminhará nos próximos dias carta aos dirigentes da União na Ilha visando motivar aquela simpaticíssima agremiação da Ilha do Governador a prestar nova homenagem ao bicampeão mundial Nilton Santos no carnaval de 2012. Nascido na Ilha, o Enciclopédia do Futebol é apaixonado pela escola e bairro onde surgiu para o futebol. Internado numa clínica da Gávea, seu atual estado de saúde não é dos melhores. Posto isto, a hora é essa. Ele merece.

—-

NILTON SANTOS (II)
Por sinal, O Crocodilo inicia este mês ainda o livro “DO PLANALTO A ARARUAMA”, que destaca a vinda do bicampeão de Uberaba para Brasília e sua passagem de 14 anos na Capital Federal, até sua ída para Araruama a clínica onde está atualmente internado, no Rio de Janeiro.

—-

O CROCODILO CHIOU

De constatar a confusão de projetos, relatórios, planos, previsões e as estaparfúdias alterações no custo da obra do Maracanã, que dos R$ 787 milhões iniciais já chegam a mais de um bilhão de reais. As constantes alterações aumentam, com as desconfianças atingindo vários órgãos, inclusive o Ministério Púbico, que precisa defnir se os tantos erros ocorridos devem ser arrolados na conta da incompetência ou dá má fé. Verdadeira caixa preta.

—-

O CROCODILO GOSTOU

Da animação do carnaval do Plano Piloto pelos blocos brasilienses no Reinado de Momo. Não fosse eles (Pacotão, Galinho, Baratona, Baratinha e Medida Provisória e outros menos votados), a impressão seria a de a cidade já em plena quarta-feira de Cinzas. Nota mil. Rapaziada!

—-

REVOADA (I)

Além da loja Kopenhagen e do tradicional restaurante Albatroz, agora foi a vez da Livraria Selva deixar o aeroporto JK, fechada por ordem judicial. Resultado: passageiros e usuários sem uma única banca de jornais e revistas à disposição. Motivo: os novos e milionaíros aluguéis das lojas cobrados pela Infraero. E a Copa vem aí!!

REVOADA (II)

Em razão dos aluguéis atuais, mais quatro outras firmas deverão deixar o local nos próximos meses. Aliás, a taxa de pernoite das aeronaves é tão desporporcional no aeroporto do DF, que a TAM promove o pernoite dos seus aviões em Goiânia. Mesmo indo e voltando pela manhã, ainda sai mais em conta para a empresa. Um vexame!

—-

PÉROLA DO ESPORTE

Durante sua passagem no Atlético Mineiro, contam em BH, que o que mais o técnico Leão prezava no clube era ser chamado de Senhor ou Professor Leão. Uma tarde, ao chegar à concentração de ovo virado e percebendo que os jogadores assistim um filme na TV, perguntou a um deles:
-Que filme é esse que tá passando na TV?
E o jogador:
– Eu, Você e o Mar.
Invocado como sempre, Leão dispara:
– O quê?
E o atleta com receio de uma bronca:
– Desculpe, professor. Eu quis dizer “EU,O SENHOR E O MAR!

—-

MANCHETES IMPOSSÍVEIS

Escola vencedora do carnaval do DF desfilará sábado na Sapucaí
Fifa garante festa da abertura da Copa no DF e encerramento em Natal
Botafoguenses,vascaínos e tricolores desfilam no Bonde do Mengão
Novo sonho de Ronaldinho Gaúcho é desfilar no Ceilambródomo
Detran: ComoArruda, Agnelo quer acabar com a festa das multas no DF

—-

MICO DA SEMANA

Por ter trocado as bolas ao comentar à disposição da presidente Dilma Rousseff de continuar a instalação das UPPS no Rio, o troféu Mico da Semana vai para o governador Sergio Cabral. Eis a “jóia” que detonu na Sapucaí: ”A presidente Lula tem comentado sua disposição de continuar a apoiar o projeto”. Saravá!

MELHOR DO MUNDO

Considerada como a melhor companhia aérea do mundo, a Singapore Airlines acaba de colocar no Brasil a venda de passagens para Madri e Cingapura. Seus vôos para o Brasil começarão no próximo dia 28 (Boeings 733). Será possível comprar passagem para Barcelona por R$ 1.400 (ida e volta), a mais barata do mercado.

—-

EDUCAÇÃO MISERÁVEL

Relatório divulgado 3ª.feira pela Unesco para a educação, revela que o Brasil investe 1.598 dólares (R$ 2.659,) por ano com cada estudante das série iniciais do ensino fundamental. O valor corresponde a menos de um terço do 5.570 dólares (R$ 9.246) aplicados plos países realmente desenvolvidos. O Brasil ocupa o 88º lugar no ranking, atrás até mesmo da Bolívia e Equador, nossos vizinhos mais pobres.

—-

BARRIGA DE ALUGUEL

O Rio já tem o primeiro casal de homens na espera de concretizar o sonho da paternidade por meio da rerpoduçao assistida (barriga de aluguel). O processo corre em sigilo no Conselho Regional de Medicina, que regulamenta a prática. Na Clínica Pró–Nascer, na Barra da Tijuca, em 2010 foi de 20% o aumento de casais de homens à procura de métodos de fertilização. Pois é…

—-

IRREVERÊNCIA CARIOCA

Eis mais alguns nomes dos fantásticos e irreverentes blocos cadastrados pela prefeitura do Rio neste carnaval: 1) Perereca do Grajaú; 2) Furukuteu; 3) Mengão Bier Fast; 4) Cordão do Boitatá; 5) O Berro da Viúva; 6) O Pluto é Filho da Pluta; 7) O Lagarto QUER MAMAR 8) Rola Cansada de Vaz Lobo; 9)Cueca Maneira; 10) Deita Mas Não Dorme; 11)Escorregando na baba do Quiabo; 12 Vem Ni Mim Que Sou Facinha; 13) Concentra Mas Não Sai; 14) Azeitona Sem Caroço; 15) Banda Incha Rola; 16) Porre Certo; 17) Bafo do Peru; 18) Bloco do Carvalho em Pé; 19) Bagunça meu Coreto; 20) Se Me Der, Eu Como; 21) Segura o Pau; 22) Me Engana Que Eu Gosto; 23) Cornos Inocentes; 24) Não Baba na Boca. É isso aí!

—-

C R O C _S

O PRESIDENTE do Corinthians, Andrés Sanchez, declarou no programa “Camarote PFC” ,que o estádio corintiano dificilmente ficará pronto até o dia 10 de maio de 2013, a menos de um mês da abertura da Copa das Confederações, como quer a Fifa. /// A DECLARAÇÃO do corintianho arrepiou a entidade, que mandou recado informando ser imprescindível que o estádio esteja pronto na data prevista. E detonou: ou o Morumbi poderá ser novamente indicado. O que não é nehuma novidade. Pelo menos, desde que o Itaquerão atrasou o início da construção. /// A FIFA quer uma certeza até junho deste ano, quando confirmará as datas e sedes do evento-teste de 2013. /// O DR. SÓCRATES é o mais novo brasileiro a extravasar sua insatisfação com os grandes empresários do país, que geralmente (são raras as exceções) só aparecem para lucrar, jamais para realmente ajudar o país. Sócrates pronunciou-se após saber que 98%, dos gastos com o Mundial (obras dos estádios, etc) sairão de bancos e empresas estatais. Mostra-se assustado,também, com a lentidão das obras dos estádios, a execução do planejamento viário, hoteleiro, dos aeroportos e demais itens fundamentais para a viabilização do evento. /// SE um dia o Sócrates souber como os empresários brasilienses tratam o esporte local, certamente terá um grande desgosto. /// O ADVOGADO e ex-diretor do extinto Defer, Hezir Espíndola, realizou mais um sonho de vida. Fantasiado de Centurião, desfilou numa das alas da sua querida e aguerrida Portela. Está mais feliz que pinto no lixo. /// O ESTACIONAMENTO do Mané Garrincha deverá ferver dia 17 com a apresentação da irreverente e trepidante cantora Shakira. Em seu camarim, durante o show, ela deseja tangerinas, bananas, ameixas, melancias e mangas em fatias e refrigerantes diet, além de saladas gregas e camarões grelhados. Tem bom gosto a moça. /// O CASO do Baré, eliminado da Copa do Brasil por falta de conhecimento do Boletim Nacional da CBF, que dá ou não condições aos jogadores inscritos pelo clube, é simplesmente degradante. Vergonhoso mesmo. Será que a CBF, que pubica o documento , não tinha como evitar a realização do jogo? /// O SUPERIOR Tribunal de Justiça Desportiva-STJD-deverá apreciar dia 15 o recurso interposto pelo Brasiliense para permanecer na 2ª Divisão do Brasileirão. Se o STJD for mesmo um tribunal sério, o Jacaré terá o recurso acolhido. A decisão foi uma vergonha para a justiça desportiva. /// O MINISTÉRIO Público conseguiu na justiça local paralisar novamente às obras do estádio Mané Garrincha. A base do pedido foi a inexistência de alvarás do Iphan e de outros órgãos para realizá-las. Meu Deus! Será que no GDF ninguém sabia disso? É isso aí! O IRREVERENTE e mais tradicional bloco do Rio de Janeiro ,o Cordão da Bola Preta ,mostrou que em ternos de blocos não tem prá ninguém: arrebatou dois milhões de foliões no embalo de sábado.Com isso (aval do Corpo de Bombeiros e três institutos de pesquisas), desbancou o Galo da Madrugada(Recife) da posição de maior bloco do mundo (Livro dos Recordes).///SEGUNDO dados da Riotur, mais de um milhão de turistas( 40% de estrangeiros) passaram o Reinado de Momo na cidade. O dinheiro deixado na cidade passou da casa de 1 bilhão de reais./// O ADVOGADO e ex-diretor do extinto Defer, Hezir Espíndola,realizou mais um sonho de vida.Fantasiado de Centurião, desfilou numa das alas da sua querida e aguerrida Portela.Está mais feliz que pinto no lixo.///NO Nosso Pacotão fantasiados de “A Freira e o Negão”,quem curtiu o embalo nas duas saídas do blocão foi o casal Genida- Professor Paulo Roberto Alves (Ex-CBF).///O ESTACIONAMENTO do Mané Garrincha deverá ferver nessa 5ª.feira com a apresentação da irreverente e trepidante cantora Shakira. Em seu camarim, durante o show, ela deseja tangerinas, bananas, ameixas, melancias e mangas em fatias e refrigerantes diet, além de saladas gregas e camarões grelhados. Tem bom gosto a moça. /// O CASO do Baré, eliminado da Copa do Brasil por falta de conhecimento do Boletim Nacional da CBF, que dá ou não condições aos jogadores inscritos pelo clube, é simplesmente degradante. E até inverossímel para o futebol pentacampeão do mundo. Que o clube desconhecesse, vá lá! Mas será que a CBF, que pubica o documento, não tinha como evitar a realização do jogo? Uma vergonha!/// O SUPERIOR Tribunal de Justiça Desportiva-STJD-deverá apreciar dia 15 o recurso interposto pelo Brasiliense para permanecer na 2ª Divisão do Brasileirão. Se o STJD for mesmo um tribunal sério, o Jacaré terá o recurso acolhido. A decisão foi uma vergonha para a justiça desportiva. /// HOSPEDADO num hotel do Setor Hoteleiro Norte, o que será que um membro da Fifa veio fazer em Brasília em plena 2ª feira de carnaval? /// O MINISTÉRIO Público conseguiu na justiça local paralisar novamente às obras do estádio Mané Garrincha. A base do pedido foi a inexistência de alvarás do Iphan e de outros órgãos para realizá-las. Meu Deus! Será que no GDF ninguém sabia disso? /// É isso aí!





Jorge Martins – O Crocodilo de 10 de março

11 03 2011

DESABAFO OU HIPOCRISIA?

Que as obras para a Copa do Mundo de 2104 no Brasil estão atrasadas e que quase cem por cento delas serão realizadas com dinheiro público, não é mais segredo para ninguém. Como, ainda, que mais da metade delas serão custedas mediantes verbas emergenciais, aquelas sem licitação, também não é nenhum mistério.
Em relação a São Paulo, absolutamente não cabem as críticas de Joseph Blatter com relação ao retardamento que vem ocorrendo. O presidente da Fifa não é nenhum otário. Sabe que o que inviabilizou a definição do estádio para à abertura da Copa foi a briga política detonada pelo presidente da CBF contra a diretoria do tricolor bandeirante, o que abriu chances para o Corinthians entrar na corrida da abertura pela janela que, idéia que, afinal, veio a ser abençoada pelo governo paulista e que estará saindo do papel com verbas públicas e tido o mais. E, posto isto, não há dúvida que o Itaquerão (apontado por muitos como monstrengo) sairá a tempo de bancar a Copa das Confederaçõe, em maio de 2013, como deseja a Fifa.
Blater sabe perfeitamente como funcionam as coisas por aqui. É amigo íntimo de Ricardo Teixeira, um sabe do outro. E muito. Sabe, principalmente, que apesar dos atrasos, São Paulo e todos os demais estados escolhidos para sediar o Mundial terão seus estádios prontos no prazo previsto. Como sabe, claro, que a malandragen para atrasar às obras tem muita a ver com a expectativa de apelarem para a aplicação de verbas emergeniais, sem licitação, onde todos (mas todos mesmo), sempre abocanham alguns trocador. É assim que funciona a máquina pública brasileira. Daí porque, agora, não cabem os seus discursos moralistas, hipócritas, que nada têm a ver com a realidade da própria Fifa, várias vezes flagrada em irregularidades e que sempre balançou ao sabor de intereses econômicos. É isso aí!

—-

FOGO BRANDO

O Botafogo voltou a apresentar o futebol de um timinho inexpressivo diante do Nova Iguaçu. Os deuses do futebol o tem ajudado sobremaneira. Não deviam, mas têm ajudado sim. Ou o alvinegro não teria vencido nenhum dos dois jogos iniciais na Taça Rio, sobretudo contra o modesto Nova Iguaçu, nessa 4ª feira, que mandou duas bolas no travessão e obrigou o goleiro Jeferson a praticar três grandes defesas.
O Botafogo foi um time desafinado, sem ritmo, sem harmonia defensiva e um mínimo de evolução ofensiva. É cada um por si, Deus por todos. Parece um grupo dispenso, sem opções táticas, sem jogadas ensaiadas, nada! Daí ter saido novamente vaiado do gramado. Ele e o técnico Joel Santana, que ao invés de brigar com os irrtitadíssimos torcedores que reclamavam da acovardada postura do time deveria, sim, gastar melhor o seu tempo, colocando em prática, por exemplo, treinamentos mais técnicos, mais rígidos, escalar melhor e mostrar que o Botafogo é time grande, que não pode atuar recuado, acovardado, retrancado, sem forças para contra-atacar, por falta absoluta inexistência de opção tática e jogadores em melhores condições físicas e técnicas.
Herrera, no momento atual, não tem condições para atuar ao lado do uruguaio El Loco. Joel tem juntado a fome à vontade de comer. O argentino está mal, e El Loco, na espera, dependendo apenas de lançamentos para a área, nada produz… Uma, duas assistências em 90 minutos, convenhamos ser muito pouco.
Também não entendi a venda do Renato Cajá para o futebol chinês. Bem ou mal, era o único articulador do time desde que Lúcio Flavio saiu. E o vendem? Para colocar quem? Marcelo Mattos (que não tem o mínimo cacoete de armar jogadas?), o jovem Bruno, o Caio, o Somália ou o bonde uruguaio Arévalos? Quem? Maicosuel, que ninguém sabe como está e quando reunirá condições de jogar?
O presidente Maurício Assumpção parece desconhecer que não adiantam jogadas de marketing, internas e externas, de administrar o clube com os pés no chão, saneá-lo enfim, se o time em campo continuar como está. Torcedor não quer saber quanto o clube está devendo. Não, absolutamente não, em se tratando de um Flamengo, Vasco, Fluminense ou Botafogo. O que deseja, sim ,é ver o seu time bem montado, com jogadores em condições de fazer boa campanha e lutar por títulos. O mais é dar murro em ponta de faca. Todos devem, mas continuam a investir, como a dupla Fla-Flu vinha e vem fazendo e, agora, o Vasco. Clubes, por sinal, que sempre apresentaram deficits bem maiores em seus balanços. A diretoria alvinegra está brincando com a verdade .Torcedor não chia sem mais nem menos. Não é bobo! Sabe que o grupo do alvinegro é fraco e requer reforços urgentes. Com ou sem Joel Santana à frente. E a continuar agindo do jeito que age, Assumpão e sua diretoria poderão passar para a história como um grupo que “matou” o futebol do Botafogo. É isso aí!

—-

PLACAR MORAL

Gama 1 X 2 Formosa
Ceilândia 1 X 1 Botafogo-DF
Ceilandense 2 X 3 Brasiliense

Carioca

N.Iguaçu 2 X 1 Botafogo
Vasco 5 X 2 Duque de Caxias
Fluminense 4 X 2 America

—-

MANCHETES IMPOSSÍVEIS

Botafogo quer Deco e Adriano.Maicosuel volta contra o Vasco
Barcelona também tem interesse na contratação de Adriano
Alessandro, Somália e Herrera interessam ao Real Madrid
Washigton (ex-Flu) quer acabar a carreira no Gama
CNN faz proposta para a FBF para transmitir o Candangão 2012

—-

C R O C _S

FOI auspicioso ver o Conca voltar a jogar o seu melhor futebol. Apesar do argentino ter deixado transparecer não estar cem por cento, ainda assim voltou a jogar vem contra o América. Com ele bem, não há dúvida que o Fluminense é um time bem mais organizado e competente. /// DOMINGO, Ronaldinho Gaúcho viverá o seu primeiro Fla-Flu. Se o tricolor conseguir recuperar e colocar o Fred em campo, o jogo promete ainda mais emoções. /// INCRÍVEL! Um árbitro e dois auxiliares em cima da linha, e nenhum dos três invalidou á cobrança do pênalti perdido pelo Mequinha. No momento da cobrança, o goleiro tricolor foi à frente quase 4 metros. Foi absurdo! /// O VASCO iniciou bem e ainda no primeiro tempo detonou um 3 X 0 em cima do Duque de Caxias. Na etapa final, afinal de estar ainda melhor que o adversário, bobeou e tomou dois gols. No finalzinho, porém, em bela cobrança de falta do zagueiro Dedé, chegou ao 4º gol. Mas o Vasco sempre foi superior. Já o Botafogo contra o Nova Iguaçu, foi exatamente o contrário. Quem deu sufoco foi o time da Baixada Fluminense. /// O FORMOSA perdeu excelente chance de vencer o Gama e passar o visto no passaporte para as semifinais do Candangão. O pênalti perdido aos 45 minutos da etapa final, pode se transformar em castigo. /// APESAR da derrota, o Botafogo-DF ainda continua com chances. Mas a partir de agora, empatar…nem pensar! /// TEM gente afirmando que uma articulação de uma das organizadas teria depositado suas fichas num empresário como indicado do grupo para à presidência do Periquito, no final do ano. O nome escolhido, porém, não seria unanimidade entre outros tantos associados, torcedores e conselheiros. Pelo que dizem, pelo fato de ser alguém muito ligado ao ex-presidente Wagner Marques, o que significa que estariam trocando seis por meia-duzia./// É POSSÍVEL que até o final do ano o jornal Caderno de Brasília, do grupo do jornal mineiro Hoje em Dia (Igreja Universal), seja o próximo jornal diário da Capital Federal. Como onde há fumaça, há fogo, aguardemos. /// CONTINUAM interditadas pela justiça às obras da reforma do estádio Mané Garrincha. Aliás, desde que falaram que o estádio teria o seu nome mudado, os deuses do futebol parecem ter tomado as dores do Torto e impingido sérias complicações para o GDF. /// É isso aí!





Jorge Martins – O crocodilo de 9 de março

10 03 2011

GLOBO PODE PERDER A VEZ

Parece não haver no Clube dos 13 qualquer dúvida de que dificilmente a Rede Globo cobrirá proposta da TV Record na briga pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro no triênio 2012/2014. Para superar a emissora do Bispo Edir Macedo, a Globo terá de abrir demais o cofre para convencer os dissidentes e ainda entrar em acordo com a emissora ganhadora da licitação do C-13, já que, nesse caso, a emissora carioca não teria uma competição (nem internacional) para substitur o Braileiro, que até aqui tem sido seu carro-chefe nos esportes e sustentáculo da sua audiência.
A grande expectatitva do C- 13 é em relação aos valores a serem oferecidos ela Record, que nos últimos anos fez propostas mais vantajosas, embora sempre tenha saido derrotada pela Globo, devido aos adiantamentes e empréstimos que oferecia para os clubes necessitados de grana imediata. Artifício (mais o aval da CBF) que teria sido o maior responsável pela continuidade da exclusividade Global.
No próximo dia 11, com ou sem dissidentes, o Clube dos 13 lançará os editais das demais plataformas da mídia: TV fechada, internet, mobile e placas estáticas.
O bicho vai pegar.

SALGUEIRO(II)

Com justíssima razão, um amigo da coluna procedeu uma retificação na materinha sobre a má sorte do Salgueiro no desfile da Sapucaí no tocante ao berço daquela portentosa e tradicionalíssima escola de samba. Chama à atenção para o fato de que a escola tem sua origem no próprio Morro do Sagueiro, e não no Borel, território, sim da Unidos da Tijuca. Certíssimo! Falha minha. Mas apenas distração de quem escreve e falta de um bom revisor conhecedor da terra carioca. O próprio nome, Salgueiro, diz tudo. Mas tais lapsos acontecem nas melhores famílias.
Quem estudou por 9 anos na área tijucana, entre Instituto Lafayette (8 anos) e Colégio Vera Cruz (1 ano) sediados no coração do bairro, a 200 metros da sede do América, onde aconteciam os ensaios do trepidante Bafo da Onça (Nessa Onda Que Eu Vou), o equívoco é até inaceitável. Mas acontece. Curioso é que frequentei por algum tempo o Morro do Salgueiro. Não, porém, para assistir os ensaios oficiais da escola. Ia com três expoentes daquela comunidade, meu irmão Noaltir Martins, e dois grande amigos, o saudoso advogado Humberto Telles e seu colega de escritório, Nadji Teixeira. Em meio a algumas cervejinhas e uiscadas do Telles, o encontro semanal acontecia no bar do Bigode, onde os grandes compositores do Salgueiro se encontravam e nos presentevam com a execução dos inéditos sambas que disputariam a condição de samba-enredo da escola. Por vezes, o oba-oba ia até 4, 5 horas da manhã… O Telles, respeitadíssimo e querido na área, era um dos advogados da rapaziada (que não era nada fácil). Mandava no pedaço. Acontecia a mesma coisa quando o território escolhido para a noitada era o Morro de São Carlos. Sozinho, o cara não passava de certo pedaço. Era cartão vermelho mesmo. Com o Telles, o sinal verde jamais falhou. Na época o tráfico ainda não entrara lá e o “grande crime” era apenas o jogo do bicho, os banqueiros. Meu Deus! Que diferença! Que bons tempos aqueles!
Eu poderia até ser salgueirense, podia mesmo. Sempre fui maravilhosamente bem trado pela turma dali. O problema é que, de repente, fui conhecer a Portela. E foi amor à primeira vista. Verdadeiro rio que passou em minha vida. É isso aí!

OPINIÃO

amigo,
Até quando veremos os irritantes agarra-agarra dos zagueiros com os atacantes? Nossa Senhora. Recentemente assisti um jogaço, inter e bayer de munique. Foram 9o minutos sem nenhum, nenhum, meu caro, puxão, abraços pelas costas, pela cintura, pelo pescoço, nada. Um belíssimo jogo. Nenhuma vez o arbitro precisou advertir nenhum dos jogadores para este tipo de recurso(?) tão feio e usual no nosso futebol. E os que jogaram lá fora, como Ronaldo Gaúcho, sofrem, coitados, com tamanho exemplo de mediocridade do adversário. Forte abraço (fora da área!) do Limongi

(Vicente Limongi Netto, jornalista de Brasília)

MANCHETES IMPOSSÍVEIS

RJ: VAI-VAI E ARUC DESFILARÃO SÁBADO NA SAPUCAÍ
FBF PREMIARÁ CAMPEÃO DO DF COM R$ 5 MILHÕES
BRASILIENSE TENTA A CONTRATAÇÃO DE DECO(FLU)
DF: CAMPEÃS DO CARNAVAL DO DF DIVIDIRÃO R$ 10 MILHÕES
APÓS VISITA AO BRASIL, OBAMA IRÁ À VENEZUELA

C R O C _ S

O PRESIDENTE do Corinthians, Andrés Sanchez, declarou no programa “Camarote PFC”, que o estádio corintiano dificilmente ficará pronto até o dia 10 de maio de 2013, a menos de um mês da abertura da Copa das Confederações, como quer a Fifa. /// A DECLARAÇÃO do corintianho arrepiou a entidade, que mandou recado informando ser imprescindível que o estádio esteja pronto na data prevista. E detonou: ou o Morumbi poderá ser novamente indicado. O que não é nehuma novidade, vez que o estádio do São Paulo, na base da vedade-verdadeira, jamais jamais foi carta fora do baralho desde que o Itaquerão atrasou o início da construção. /// A FIFA quer uma certeza até junho deste ano,quando confirmará as datas e sedes do evento-teste de 2013. /// A FIFA quer o estádio paulista e o Maracanã prontos para à abertura e encerramento, respectivamente, do Mundial. /// O DR. SÓCRATES é o mais novo brasileiro a extravasar sua insatisfação com os grandes empresários do país, que geralmente (são raras as exceções) só aparecem para lucrar, jamais para realmente ajudar o país. Sócrates pronunciou-se após saber que 98%,dos gastos com o Mundial (obras dos estádios, etc) sairão de bancos e empresas estatais. Mostra-se assustado, também, com a lentidão das obras dos estádios, a execução do planejamento viário, hoteleiro, dos aeroportos e demais itens fundamentais para a viabilização do evento. /// SE um dia o Sócrates souber como os empresários brasilienses tratam o esporte local, mormente do futebol, certamente terá um grande desgosto. /// DEU pena ver o excelente Aroldo Costa no meio de convidados – comentaristas tão despreparados nos desfiles da Sapucaí. Mostraram, todo o tempo, total desconhecimento do assunto. Foi um verdadeiro festival de baboseiras. Lamentável! /// ATÉ parece que no Rio não existem profissionais mais capacitados… /// o narrador Luis Roberto, numa crise de “aparício”, chegou a deixar a torre de transmissão e fazer a gracinha de aparecer subitamente na passarela quando do desfile da Unidos da Tijuca. Isso para não falar da sua companheira de cabine, Glenda (que mais parecia uma fonte repetidora do narrador ) com os seus constantes enaltecimentos ao diretor de bateria daquela escola. Coisa horrível mesmo! /// ALIÁS, nos 82 minutos de desfile da Imperatriz Leopoldinense, ninguém lembrou-se de colocar sequer a letra do samba da escola. A ânsia de falar foi mais forte que o respeito com a escola e telespectadores. /// NO DESFILE da Portela, foi preciso o repórter Renato Ribeiro avisá-los para prestar mais atenção na bateria portelense, que naquele momento, pela sétima no desfilie, apresentava uma nova e espetacular paradinha. Meu Deus!- É Isso Aí!





Jorge Martins – O crocodilo de 8 de março

9 03 2011

A partir desta semana estaremos publicando O CROCODILO – mais do que um ‘material’ produzido pelo Jorge Martins – ele que é presidente da ABCD-Associação Brasiliense dos Cronistas Desportivos, botafoguense convicto, fanático e lúcido e acima de tudo um baita de um ser humano.
Deliciem-se todos com as informações, dicas e opiniões do Jorge Martins:

O CROCODILO – 08/MARÇO-2011
Por Jorge Martins

Destaques
Candangão: até o Brasília ainda tem chances
Apesar da vitória sobre o Voltaço,nem tudo são flores no Fogão
Tabela do Brasileirão continua engavetada na CBF
Mano Menezes, agora no Rio, está apaixonado pela cidade
Novo campo (Cave) do Guará não pode ter donos: é bem público
Presidir o Brasília é ato heroíco
Prefeitura de Floripa dá calote na Grande Rio

SALGUEIRO MERECIA MELHOR
Diante do belíssimo, empolgante, harmônico e luxuoso desfile que realizou, o Salgueiro não merecia o castigo imposto pelo destino nos últimos 12 minuto do desfile na Sapucaí. Não mesmo. A escola do Borel realizou um desfile para colocá-la entre os melhores e mais fortes favoritas ao título deste ano. Na minha opinião, a melhor, mesmo considerando as ”mágicas” levadas à passarela pela Unidos da Tijuca, o sempre e constante oba-oba em cima da Mangueira e das luxuosas apresentações da Mocidade, Imperatriz e Beija-Flor. Com um sambão cantado todo o tempo pelos integrantes, excelente evolução, bateria nota 10, muito samba no pé, belíssimas fantasias e fantásticas alegorias, o Salgueiro tinha tudo para ser o grande campeão. O problema dos últimos carros alegóricos na passarela e consequente atraso na conclusão do desfile, foi um castigo que seus componentes não mereciam A perda de um ponto numa competição tão acirrada, certamente que pesa na balança. Pode, sim, prejudicar sensivelmente a escola. Claro que nem tudo está perdido e que a esperança é a última que morre. De repente,quem sabe, as demais poderão perder pontos preciosos dos jurados, cujas cabeças nos últimos anos têm sido pior que bumbum de criança: ninguém sabe o que pode acontecer. Como aquele que no ano passado deu nota 8 para a bateria da Mocidade Independente. Indecente de pai e mãe!.
Já a União da ilha, não tenham dúvidas, venceu o trauma do fogo nos barracõs e incendiou a Sapucaí. Com o enredo “Mistério da Vida”, sobre a teoria da evolução, de Charles Darwin, conquistou corações e mentes nas arquibancadas. Como o Salgueiro, não apelou para famosos entre a galera para fazer vibrar o público, mostrando,sim, figurinos simples, de extremo bom gosto, que somados a uma boa bateria, bom samba provocou uma animação incomum dos seus figurantes, isso após ter duas mil fantasias destruídas pelas chamas. Valesse pontos, e certamente ela tinha tudo para estar entre as seis primeiras.
O que aconteceu também com a Grande Rio, outra que foi bastante prejudicada, superou-se e levou para a passarela um grandioso carnaval.
A Beija-Flor possivelmente ficará entre as favoritas. Fez um belo e luxuoso desfile, com bom samba, excelentes fantasias, muita harmonia e evolução. Pode sair campeã. Seguem-na, no mesmo nível, Mocidade Independente, Imperatriz, Mangueira e Porto da Pedra também têm boas chances. Pelo menos de ficarem entre as seis que desfilarão no sábado.
Como o Salgueiro, a Unidos da Tijuca foi excelente, mas teve problema na evolução, o que deverá tirar-lhe alguns pontinhos.
Apesar de também bastante prejudicada pelo incêndio e dos seu figurantes mostrarem incrível garra e de uma bateria realmente espetacular, fora de série mesmo, a Portela precisa repensar os seus desfiles. Valesse pontos, caisse alguma escola, e certamente estaria em má situação. Dizem que até o final desta semana seu atual presidente poderá cair. E já cai tarde. Vinte e uma vezes campeã, a azul e branco de Madureira não pode esperar que a sorte lhe bafeje sempre. Para isso, basta o afilhado, o Botafogo.Tem, sim, de trabalhar mais seriamente e entender que, hoje, tradição não vence carnaval. Ou acompanha a evolução, para valer, ou ainda poderá sentir a tristeza de uma queda para o grupo de acesso.

CANDANGÃO VOLTA COM
TUDO E DEFINE POSIÇÕES

Com o Brasiliense como mero espectador, já classificado, o Candangão prosseguirá nesta 4ª.feira de Cinzas com três jogos, onde todos (à exceção é o CFZ, já rebaixado) ainda reunem condições de classificação para as semifinais. A rodada, portanto, não terá estandartes de bronze, prata ou de ouro, como consolação. Será vencer ou vencer, vez que a derrota (e até mesmo empate) lhes colocará sob o risco de terem suas respectivas posições ameaçadas e seriamente complicadas na tabela. Ou seja: o que desafinar e atravessar seu futebol, terá de fazer das tripas coração para reagir e descontar a perda sofrida na rodada.
Nessa difícil jornada para não desafinar e acertar na evolução e harmonia, estarão o Gama e o Formosa(17), o Botafogo (l6), Ceilândia (15 Ceilandense (14) e o Brasília (8), que apesar da mais baixa pontuação entre os postulantes, se é que aparece como zebra, vai depender de suas forças e, claro, torcer para o tropeço de algum dos adversários, o que neste Candangão não é impossível, tal a imprevisibilidade decorrente dos muitos tropeços verificados.
Como a lógica admite que aquele que joga em casa aparece como favorito, o Gama tem tudo para melhorar sua posição e jogar para escanteio exatamente o seu indesejável companheiro na tabela, o Formosa, que depois pegará o Brasília e o Ceilândia, respectivamente. Já o Formosa, terá posteriormente o já rebaixado CFZ (em Formosa ), encerrando sua participação no returno contra o Ceilândia, no Abadião. Nesse caso, o empate seria aceitável? Na minha opinião, bom não é, mas tendo em vista a tabela, acho que não seria o pior dos estragos. Matematicamente, o empate diante do Gama e uma possível vitória no Diogão lhe ensejaria chegar aos 21 pontos e esperar que Ceilândia e Botafogo empatem e o Jacaré jante o Ceilandense. Impossível? Não acho, não acho. No Abadião, na última rodada com certeza o Gama pegará um Ceilândia desesperado e disposto. Isso para não lembrar o aperto que o Periquito poderá passar diante do imprevisível Brasilia.
O Botafogo? Bem, aparentemente até que o Botafogo surge com alguma vantagem no contexto. Afinal, fará dois jogos em casa. No Cave, contra o Ceilandense e CFZ. A empatar ou superar o Ceilândia nessa rodada…zás! O fato de atuar em casa poderá dar-lhe a tranquilidade que necessita.
Mas nada até estará realmente resolvido até a última rodada. Se um ou dois conseguir seu intento,os demais ainda terão de degladiar-se na busca pela classificação. Favorito mesmo só o….Brasiliense. E só! É isso aí!

MICO DA SEMANA

O troféu Mico da Semana vai para o governador Sergio Cabral, do Rio de Janeiro. No afã de responder a alguns repórteres sobre a liberação de verbas do PAC para o Rio de Janeiro, o dileto vascaíno não deixou por menos:
– Não teremos problemas. A “presidente Lula” já nos garantiu tudo.
Ái! Úi! Êta Cabral! Tome mico!

CALOTE

Além de ter sido prejudicada pelo incêndio que destruiu todas as suas fantasias no Palácio do Samba, a Grande Rio enfrenta mais um problemão: receber da prefeitura de Florianópolis R$ 3 milhões pelo enredo que analteceu a bonita e simpaticíssima capital catarinense.
O dinheiro chegaria aos cofres da escola carioca Via Ley Rouanet. Até agora, porém, nada!

TEMPORARIAMENTE SOB CONTROLE

Pelo menos por enquanto a situação parece estar sob controle no Botafogo. Apesar de ter repetido muitos erros também na vitória por 4 X 2 em cima do Volta Redonda, mesmo sem convencer em termos de um futebol mais coeso, mais ajustado e, sobretudo, mais ofensivo, o time venceu, o que deu ao técnico Joel Santana uma folga. O técnico, desde que chegou ao Botafogo, nunca esteve tão fragilizado diante da galera alvinegra.
Mas para que a coisa não degringole de vez, o time não apenas terá de vencer o Nova Iguaçu nesta quarta-feira de Cinzas como o treinador terá de escalar melhor sua equipe principalmente com jogadas outras que não apenas os cruzamentos para o uruguaio Loco Abreu, que muito marcado queixou-se de que o Botafogo precisa alternar jogadas e tocar melhor a bola. Loco e Santana, por sinal, tiveram uma conversa a dois visando melhorar o ambiente. Não creio que tudo esteja sanado. Não mesmo. O presidente Maurício Assumpão deve deixar-se levar por essa aparente calmaria.
O time está mal, muito mal. Fora Jefferson e o zagueiro Antonio Carlos(que também não esteve bem contra o Voltaço) ninguém tem se destacado no grupo. Todos os demais contratados ainda não disseram o que foram fazer em General Severiano. Rodrigo Mancha, Marcio Azevedo, Arévalo, enfim, nenhum conseguiu até aqui nota mediana da torcida. E os que já estavam lá, como Alessandro, Caio, Herrera(está muito mal, muito), Rosário, Alex e Renato Cajá, estão distantes de se destacarem dos demais.
Pior do que o time, porém, foi o presidente Asumpção declarar que, quer queiram ou não, esse é o elenco que defenderá o Botafogo até o final da Copa Rio, como se a instabilidade e carência do time fossem normais e Flamengo, Fluminense e Vasco estivessem errados ao investirem em novas contratações. Pobre Botafogo! É isso aí!

C R O C _ S

NENHUM dos grandes cariocas conseguiu mostrar muito nessa primeira rodada do returno(Copa Rio). Se é que o Botafogo meteu 4 X 2 no Voltaço, o resultado deveu-se muito mais a fragilidade do adversário do que a mérito do alvinegro, que esteve mal e conseguiu seus gols graças a verdadeiras pichotadas da equipe de Volta Redonda. /// O MESMO aconteceu com a dupla Fla-Flu. Tocaram mais a bola, tiveram o domínios dos jogos mas mostraram falhas defensivas e falta de potência ofensiva. O Fla continua sem um homem de área capaz de resolver satisfatoriamente as jogadas e o Flu, sem Fred (que deve voltar na próxima rodada), também perdeu muito em termos ofensivos. Mas, bem ou mal, o Flu ainda tem Araujo e outros bons reservas,o que não acontece com o alvinegro. /// QUANTO ao Vasco, merecia melhor sorte. Mas futebol é isso mesmo: não adianta dominar, ter maior posse de bola se os gols não sairem. Foi o que aconteceu: dominou, ameaçou, mas ficou por aí. E perdeu de forma surpreendente dentro de São Januário. /// O TÉCNICO Mano Menezes, da Seleção Brasileira, é o mais novo morador apaixonado pelo Rio. Está adorando a cidade. /// A CBF continua sem divulgar a tabela do Campeonato Brasileiro. Será que só o fará faltando uma semana para o início da competição? Organização é isso aí. Saravá! /// APÓS sambar na Sapucai na segunda, o técnico Vanderley Luxemburgo foi o convidado especial do ”Programa Sócio do PFC”, nessa terça-feira de carnaval. Voltou a insistir que a presidente Patrícia Amorim deve botar seu bloco na rua visando a realização do grande sonho da Nação Rubro-Negra: ter seu próprio estádio. /// NÃO demora, exigirá também que ela arranje recursos para a contratação do Messi, Riquelme e Kaká para resolver o problema ofensivo da equipe. /// É FAÓLICA a situação do América. Sem recursos (e hoje sem o apoio e auxiílio do saudoso Giulite Coutinho, americano que deu um estádio ao clube) a salvação está toda baseada no baixinho Romário. Sem ele, sei não. /// NO FUTEBOL do Distrito Federal, convenhamos que a existência do Brasília chega a ser um ato heróico do presidente Roberto Marques. Sem ele, não tenham dúvidas que o clube já teria deixado de existir. Luta sozinho todo o tempo. /// PERGUNTAR não ofende: a quem a Administração do Guará está pretendendo entregar o controle e administração do campo de futebol que está concluindo ao lado do estádio do Cave? Se for para algum clube, a coluna pretende reunir amigos residentes naquela satélite e embargar na justiça a transação. Não faz sentido. Ainda mais se for de papel passado em Cartório. /// DO SECRETÁRIO de esportes do Distrito Federal, o íntegro e conhecido desportista Célio Renê:” a administração do estádio Bezerrão pertence à Sectetaria de Esportes.” Pois é… /// A ABCD-Associação Brasiliense de Cronistas Esportivos- agradece ao presidente da FBF, Paulinho Araújo, a cessão de 50 coletes para a efetivação do trabalho da entidade nos estádos da cidade. Gente fina é outra coisa. Obrigado,pUalinho,obrigado ////É isso aí!