2º turno no DF e Presidência: resultados da pesquisa no sábado

7 10 2010

As equipes de pesquisa da Exata estão em campo coletando dados para a 1º pesquisa para o 2º turno – projeções, perspectivas e intenções de voto – para Governador e Presidente(a). A coleta está acontecendo no DF, Goiás e Mato Grosso e os dados deverão ser divulgados sábado pela manhã.
Segundo Marcus Caldas, diretor da Exata, a base da pesquisa será ampliada com vistas a dar uma visão mais clara e confiável acerca das intenções de voto. Cabe lembrar, também, que esta pesquisa não trará o impacto da retomada do horário eleitoral – exceção feita à veiculação do meio dia, levando-se em conta que haverá ainda coleta de dados na parte da tarde desta sexta-feira.
Depois de enfrentarem o calor e a seca nas pesquisas realizadas para o 1º turno, agora os pesquisadores sofrem com as chuvas.





Exata: Agnelo ganha com 54% no 1º turno

3 10 2010

A mais recente pesquisa da Exta O&P confirma: Agnelo vencerá no DF em 1º turno. Ao contrário de outros institutos que foram naquela onda de ‘interpretação’ subjetiva, onde 49% pode virar 52 e assim pelo ajuste da sombra sobre a ribomboca da parafuseta acabam chegando pelo atalho de quem vai a Goiânia pegando a estrada de Formosa.
Assim, mesmo com todos os riscos e sabendo que é o nome da empresa que está em jogo, o Marcus Caldas da Exata crava: vai dar Agnelo com 54%. Mesmo que possa haver divergências e trabalhando com a margem de erro, 2%, ele não vê razões para mudar.
Às 17h, a gente estará publicando, revelando a boca de urna que a Exata está fazendo.





Nova pesquisa confirma Agnelo em 1º

1 10 2010

Em fase final de tabulação e checagem, a pesquisa Exata realizada em todo o DF entre os dias 29 e 30 de setembro será oficialmente divulgada amanhã – mas os números consolidados indicam que Agnelo Queiroz (PT) lidera com 46,9% das intenções de voto, Weslian (PSC) tem 24,6% e Toninho (Psol) chegou a 11,2%.
Abstraindo-se nulos, brancos e indecisos, Agnelo tem 56.2%, Weslian 29,5 e Toninho alcança 13,4%.
Para a eleição de domingo, a Exata aponta que Agnelo vencerá com 54% dos votos.
Outra informação: a Exata fará boca de urna na eleição de domingo aqui no DF.





Semana de pesquisas

13 09 2010

Esta promete ser uma semana cheia para quem gosta de novidades relativas a pesquisas.

Em nível de Distrito Federal, a OIP Brasil divulgará entre quarta e quinta-feira um amplo levantamento acerca das intenções de voto para os cargos majoritários – presidência, governador e duas vagas de senador – e as tendências proporcionais (deputados federais e distritais).

Ainda em se tratando da realidade local, espera-se de modo ansioso a revelação de algum levantamento da Soma, a empresa do mensaleiro Ricardo Pena e que tem trabalhado por Roriz. Dois outros institutos locais – CBData e Exata – também estão em campo.

Nível nacional

Numa só lapada – distribuídos ao longo da semana – Sensus, Vox, Datafolha e Ibope anunciam a divulgação de pesquisas à Presidência. Faltando 20 dias para as eleições, os principais institutos revelarão o que cada um tratou de encontrar junto ao eleitorado.

Cabe sempre lembrar que pesquisa é apenas e tão somente reflexo das intenções de voto. Valor mesmo só tem aquele lá da urna eletrônica..

O quado está engraçado. E num certo sentido, sui-generis. Enquanto Dilma Rousseff espera consolidar sua provável vitória já no primeiro turno, o demo-tucano José Serra precisa urgentemente reagir nos levantamentos para, no mínimo, levar a disputa para mais um turno. Espera continuar contando com o inestimável apoio dos meios de comunicação e o respaldo de Marina e Plínio – os dois hoje transformados em meros ajudantes de segunda linha da candidatura de Serra.

Sensus na terça

Na terça-feira (13), vai ser divulgada sondagem Sensus contratada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) realizada entre os dias 10 e 12.

Vox na quarta?

Já os números do Vox Populi (TV Bandeirantes) podem ser anunciados na quarta (15).

Datafolha na quinta?

Um dia depois, quinta-feira (16), está prevista a publicação de levantamento Datafolha (13 a 15).

Ibope anuncia duas pesquisas

Por fim, na sexta-feira (17) e no sábado (18), podem ser divulgadas duas pesquisas Ibope — ambas contratada pela TV Globo e O Estadão de S. Paulo. Uma vai ser realizada entre os dias 14 a 17 e a outra entre 15 e 18.


Em síntese: vamos esperar para ver como se comportam as pesquisas e qual a margem de manipulação que elas poderão trazer. Cabe sempre lembrar que existe





Exata confirma: Agnelo lidera no DF

8 09 2010

Pesquisa Exata divulgada em pleno 7 de setembro confirmou a virada espetacular de Agnelo Queiroz (PT) na disputa para o GDF. No levantamento realizado entre os dias 1º e 5 de setembro – e que pesquisou três mil eleitores em todo o DF. A pesquisa foi registrada no TRE nº 29968/2010.
Os dados são reveladores do que hoje acontece no DF e que
atemoriza a turma de Roriz, o ficha-suja, levando seus meliantes a atos de covardia, agressão e violência.
A pesquisa indica que Agnelo Queiroz tem 44,6% das intenções de votos; Roriz, o ficha-suja, tem 29,1% – bem mais distante está Toninho do Psol com 3,2%; Eduardo Brandão, do PV, com 0,8%; Rodrigo Dantas
tem 0,6%; Frank Svensson, do PCB, tem 0,2%; Newton Lins também 0,2%. Indecisos somam 16,2% e pretendem votar em branco ou anular seu voto um total de 5%.
Vamos ver agora como a Soma vai fazer para salvar a pele do Roriz, o ficha-suja.





Pesquisas no DF: Agnelo na liderança

31 08 2010

Foi divulgada ontem uma ‘nova’ pesquisa pela Soma – que continua sem informar quem a contratou. A diferença está em abiçais 10 pontos – em favor de Roriz, é claro. Cabe lembrar apenas e para que fique bem claro: o dono da Soma, Ricardo Pena, é antigo aliado de Roriz e de Arruda, tendo sido inclusive notório mensaleiro. Ou seja: é da turma que desde janeiro de 1999 transformou o GDF numa grande fonte de negociata e de poder.
Mal comparando, a Soma está sendo obrigada a fazer a ‘convergência’ de seus números com a realidade, na tentativa de mostrar alguma credibilidade. Algfo pouco provável, levando-se em conta o histórico de parcialidade e de comprometimento da empresa e do seu proprietário.
Mas pode-se dizer também que a diferença entre Agnelo e Roriz é de apenas 3,8% – se levarmos em conta os extremos da margem de erro. Feito este exercício, chega-se a um patamar mais próximo daquilo que as demais pesquisas indicam (38,2 a 35,4 pró Agnelo pela Exata e 41 a 35 pró atraZo pelo Datafolha).
Outra leitura possível está nas linhas das duas candidaturas – e então será possível entender o desespero, a truculência e a agressividade de Roriz (aquele que, segundo o TRE-DF é candidato ficha-suja). O ex-governador está na descendente, perdendo entre 2 e 6 pontos de uma pesquisa para outra. Em contrapartida, desde o início da campanha, Agnelo só vem crescendo nas pesquisas.
Trata-se de algo normal, afinal de contas o nome de Roriz – a despeito de todas as mazelas que seus governos geraram, de ter sido fundamental para o inchaço habitacional e a perda da qualidade de vida dos moradores do DF e a destruição dos serviços públçicos – é parte de uma história do DF que nós, enquanto cidadãos, não precisaríamos ter vivido e com certeza o DF como um todo seria um lugar bem melhor de viver. Mas seu nome é forte, mormente por tudo que ele enseja de ilegalidade (invasão de áreas públicas, negociatas, pirataria, camelôs, vans, etc).
A virada eleitoral de Agnelo, conforme pesquisas, mostra que também aqui no DF, a esperança está vencendo o atraZo.