Sigilos: Serra e a histeria da derrota

11 09 2010

Neste episódio todo envolvendo a ‘violação’ do sigilo de milhares de pessoas, sai das sombras a fdigura perversa da ‘filha’ do Serra. Sabe-se, com o suceder das revelações, que a filha de Serra é contumaz contraventora – daquelas que orgulhariam qualquer pai mafioso.
Não se trata de suposição, mas da perversa e cruel realidade decorrente da impunidade desta figurinha – Verônica Serra – sócia e amiguinha de outra figurinha perversa – Verônica Dantas, irmã do maior criminoso no Brasil, o único que conta com um defensor dentro do Supremo. É muito chique alguém ter um ministro no Supremo só para cuidar dos seus interesses criminosos…
O que dirá Serra agora, quando enfim é revelado que o filho de Lula também teve o seu ‘sigilo’ devassado? Terá a mesma ênfase cênica de indignação? Ou assumirá que não passa de um parlapatão cínico, hipócrita e imbecil…?
Tenho sempre dito que o PT ganhou duas eleições – se encaminha para a terceira. O que não quer dizer que ganhou o Governo. O Governo brasileiro traz uma cultura construída ao longo de 500 anos de desmandos, de transformação do poder em instrumento de uma elite perversa – da qual Serra, Alckmin, Aécio e mesmo alguns petistas (tipo Mercadante e Martha) são os representantes do momento. Descartáveis, partes de um jogo.
Vamos ver como o Serra irá reagir depois que a imprensa passou a noticiar que também o filho de Lula teve o seu sigilo violado. Vai ficar quieto feito uma anta de presépio?
Transcrevo a seguir a nota do Lauro Jardim, da enojante Veja. E vou continuar esperando alguma reação de Serra em defesa do filho de Lula.

Nada menos que sete CPFs diferentes com o nome de Fábio Luiz da Silva foram consultados pelo terminal de Adeildda Ferreira dos Santos no escritório da Receita Federal em Mauá. Os acessos ocorreram no intervalo de tempo de apenas vinte e oito segundos da manhã do dia 20 de setembro do ano passado.

Não é possível saber pelo relatório da Serpro, que foi enviado à Receita Federal para ajudar nas investigações da quebra de sigilo fiscal dos tucanos, qual tipo de dado desses Fábios foi acessado – se as declarações de imposto de renda ou apenas dados cadastrais – e a motivação para cada uma das consultas.

Aliás, há um quase homônimo famoso deles: Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, filho do presidente Lula.Por Lauro Jardim