Plenovit faz sucesso nas praias do Sul…

4 01 2010

Dia destes, conversando com amigos sobre como anda o verão pelo Sul do País fiquei curioso com um tema recorrente: um remédio similar ao Viagra, mas enquanto este da Pfizer é vendido a R$ 25,00 a unidade, o outro é comercializado a R$ 20,00 a caixa com 20 comprimidos. Produzido no Uruguai, ele está entrando nas praias do Sul na bagagem dos turistas e vai ocupando um espaço como apetrecho básico para quem vai sair na noite.

Trata-se, claro, de contrabando e pirataria – tendo em vista que não possui (ao que sei) registro em terras nacionais. Além do mais, cabe aqui enfatizar que não é correto e nem seguro tomar qualquer remédio sem prescrição médica. Mas é, também, uma demonstração como a máfia dos laboratórios vai aumentando aritificialmente o preço dos remédios, sempre com o intuito de ampliar seus lucros.